Arquivo para a categoria ‘Eleições 2008’

Obama, amigão da vizinhança

4:45 | 09/01/09 | Rodrigo Alvares

obamamarvel.jpg

Começou a contagem regressiva para a posse de Barack Obama na Casa Branca e os americanos, que para idiotas só servem aos petralhas de plantão, não perdem tempo em aproveitar o hype e angariar uns trocados como podem - a Marvel mandou o Homem-Aranha atrás do democrata, por deus -, coisa abominada no regime feudal do Brasiu.

Não é um caso inédito, mas só enfatiza o que tenho escrito há algum tempo por aqui: a liberdade de expressão nos Estados Unidos para publicar algo deste tipo só reforça a falência e desilusão do que temos aqui. Imagine alguém que não seja ligado ao governo federal inventar de fazer algo parecido com o presidente Lula.

O melhor foi descobrir preferências de Obama como esta, para justificar a história:

Obama estrela revista em quadrinhos do Homem-Aranha

O presidente eleito dos EUA, Barack Obama, é um dos personagens da edição de janeiro da revista do Homem-Aranha. A edição nº 583 tem duas capas diferentes, uma delas traz o democrata com o super-herói ao fundo dizendo “se você pode estar na minha capa, eu posso estar na nota de dólar‘?

‘Quando nós ouvimos que o presidente eleito Obama era um colecionador das revistas do Homem-Aranha, sabíamos que essas duas figuras históricas teriam de se encontrar nas nossas páginas‘, disse o editor-chefe da publicação, Joe Quesada.

fbtu17.jpg

De acordo com o Los Angeles Times, outros presidentes marcaram presença nas revistas de super-heróis, como John Kennedy, que apareceu nas páginas do Super-Homem antes ser morto em 1963. Richard Nixon foi visto em publicações do Quarteto Fantástico e do Incrível Hulk.”

Quem banca Porto Alegre?

16:31 | 08/12/08 | Rodrigo Alvares

Depois de dar uma olhada na lista de doadores da campanha do prefeito reeleito José Fogaça (PMDB), não deixa de ser curioso que, das 19 empresas ligadas à construção e empreendimentos imobiliários e que bancaram R$ 863 mil dos R$ 2,6 milhões declarados pelo partido não tenha a empresa BM Par, dona do terreno.

Na última sexta-feira, Fogaça anunciou que vai vetar a decisão dos vereadores - que estão sendo investigados pelo Ministério Público do Bovinão por causa das suspeitas de propina para aprovar a alteração da lei 470/02, que permite edificações residenciais na área do Estaleiro.

Fogaça fez um movimento esperto. Jogou de volta aos vereadores a possibilidade de fazer um referendo popular em 2010, com propaganda e tudo mais, e deve esfriar a discussão e a investigação em cima dos parlamentares que votaram bem rapidinho e quase na moita.

O prefeito prega a transparência em torno do assunto, mas o fato é que não deixa de ser estranho 19 empresas ligadas a empreendimentos imobiliários bancarem não só a sua campanha, mas também a de Maria de Rosário (PT), com R$ 565 mil dos R$ 4,3 milhões gastos - metade fornecida do diretório nacional do partido, sem contar R$ 100 mil de um certo banco chamado BMG.

Seria salutar que os dois partidos liberassem de onde saiu a grana dos diretórios. Não é só o Pontal do Estaleiro que precisa ser discutido. A menos que alguém tenha se esquecido do Plano Diretor e da Supersecretaria da Copa 2014.

Negros certos e negros errados

13:24 | 03/12/08 | Leandro Demori

obamaa_mccain.jpg
Espelho, espelho meu

Andei lendo muito sobre Obama por aí. E vi alguns programas de TV também. Descobri que a nova onda sobre Obama depois de ter sido chamado de terrorista é uma espera por Osama Bin Laden. Quais seriam os possíveis impactos de um October surprise na América? Vai bem para a parte da população americana que crê no 11 de setembro como um inside job, mas nem esse papo de october surprise é novo, estou mesmo lendo feeds do mês de… outubro.

[marcar tudo como lido]

Obama bateu recordes de arrecadação para a campanha - 605 mião de benjamin f. até setembro - durante a pior crise econômica mundial desde os anos 20. Hoje há um NEW! New Deal e três medidas básicas adotadas nos anos seguinte à depressão de 29 estão em curso na América. Uma já foi cumprida: o controle sobre bancos e instituições financeiras. Outras duas devem vir em seguida: construção de obras de infra-estrutura para a geração de empregos e aumento do mercado consumidor; concessão de subsídios e crédito agrícola a pequenos produtores familiares. Obama terá que ser mais McCain do que calculava e muita gente vai se decepcionar. A McCainização, aliás, já começou: (do terra) “Em entrevista coletiva realizada em Chicago, falou em permanecer mais tempo no Iraque do que o prometido durante a campanha.”

Era inevitável e é nisso que dá querer defender políticos. Políticos não podem ser amados e nem defendidos, precisam ser cobrados para que façam as coisas direito. Quer amor liga pro tele-amizade.

cartaz_obama_italia.jpg

Conhecem a história do Efeito Bradley? Durante a campanha tudo vai bem, muitos eleitores brancos dizem em pesquisas que votarão em um candidato negro, mas efetivamente não votam. É a história do negro que perdeu a eleição porque foi negro demais. É importante conhecer o Efeito Bradley para entender que Obama foi eleito (também) pelos brancos da América.

Obama venceu porque não foi negro demais, foi negro na medida exata, o negro certo do ponto de vista do eleitor americano médio. Não passou a eleição defendendo a raça ou os direitos dos negros e (sobretudo) não mexeu em coisas que fazem muito sentido para um branco americano - como ter livre acesso a armas, por exemplo. Obama é o tipo certo de negro. Rompeu com o reverendo Jackson, conselheiro com o qual mantinha relações desde sempre, porque sabia dos perigos do efeito Bradley.

[Onde está a palavra BLACK?]

Muitos analistas defendiam que, para ser eleito, Obama só precisava manter o discurso e não racializar a eleição - mostrar aos eleitores brancos que não havia motivos para temê-lo.

Funcionou, mas agora restam quatro anos.

Tem para o Wii?

17:53 | 12/11/08 | Rodrigo Alvares

Jogo on-line traz “mundo de Obama” (Folha)

Um novo jogo online foi desenvolvido em homenagem ao presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama. O jogo ‘Super Obama World’ traz o democrata percorrendo um mundo virtual nos moldes do ‘Super Mario World’, da Nintendo. O videogame tem um tom satírico, com Obama coletando bandeiras e se desviando de pitbulls de batom e lobistas.

obamaworld.jpg

O mundo virtual de Obama também tem as lojas de luxo Neiman Marcus e Saks Fifth Avenue, em referência à alegação de que os republicanos gastaram mais de US$ 150 mil em roupas para a candidata a vice derrotada, Sarah Palin.

O jogo está disponível, de graça, on-line, e os seus criadores planejam acrescentar outros episódios ao longo do mandato de Obama na Presidência americana.”

Blam!

0:54 | 12/11/08 | Rodrigo Alvares

Obama liga para Lula e aceita convite para visitar o Brasil (Folha)

barack-obama-beach.jpg
“Rio? Sou do Havaí, meu. Cadê a favela onde o Clinton foi?”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou, por volta das 19h30 (horário de Brasília) desta terça-feira, por telefone, com o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama. O telefonema do futuro presidente americano foi um retorno de contato anterior feito pelo governo brasileiro. Durante a ligação, Obama aceitou o convite para visitar o Brasil, em data ainda a ser definida. (…)

O democrata também transmitiu ao presidente brasileiro seu “orgulho” por ter tido em Harvard um professor brasileiro, que agora ocupa uma pasta no gabinete de Lula, Roberto Mangabeira Unger, ministro extraordinário de Assuntos Estratégicos.

Obama’s fake Shock and Awe - 2

19:11 | 10/11/08 | Rodrigo Alvares

Como tantas pessoas acharam que não consegui me expressar direito neste post pouco antes das eleições americanas sobre o assunto, não tenho nada a fazer senão recomendar a leitura da coluna de Ricardo Noblat publicada hoje no O Globo. Obviamente, tratou do assunto com muito mais propriedade e didatismo.

A imprensa brasileira precisa retroceder - 2

14:04 | 08/11/08 | Rodrigo Alvares

É chato voltar a isso, mas aqui vai outro exemplo de como a imprensa americana dá de relho na brasileira. As eleições mal acabaram por lá e canais como a CNN já estão anunciando - e tem tudo planejado há meses, claro - a cobertura da transição. Mas não algo do tipo “vejam quem serão os secretários de Obama”.

obama_transition.jpg

Eles deixam claro seu comprometimento em informar a população quais seus próximos passos editoriais. Analisar nos proximos dois meses, como, por que, o que se espera de Obama não só nos EUA, mas em todo o mundo. Dadas as devidas proporções, alguém aí viu as redes de TV brasileiras se preocuparem em prestar essa informação ao público que acabou de eleger seus prefeitos?

José Fogaça (PMDB) zarpou para a China. A mídia local está em cima dele para saber o que ele pretende fazer no seu segundo mandato? Sim, é por aí. Mesma coisa com Gilberto Kassab (DEMO). Depois levam aquela tungada básica e aí ninguém entende “como isso foi acontecer, fomos pegos de surpresa”. Sei. Me diga se há algo parecido em qualquer veículo de imprensa daqui. Mas putz, esqueci: a prioridade era eleição americana.

A comparação é tão contrangedora que no programa de Anderson Cooper na CNN eles começaram a discutir sobre o próximo primeiro-cachorro da Casa Branca. Melhor: os dois apresentadores levaram seus respectivos bichos para o estúdio ao vivo - um era um vira-lata e o outro, um Collie. Uma coisa aparentemente estúpida de discutir em um dos melhores programas da rede. Imagine o escândalo se as emissoras daqui fizessem a mesma coisa.

Mas é aí que está a diferença: cada detalhe vale ser registrado, por mais besta que pareça. Aliás, os bichos continuaram no estúdio e o vira-lata até latiu ao vivo. Isso não constrangeu a dona, que seguiu a anunciar as notícias enquanto segurava o bicho na coleira e todos riram. Faz parte, segue o baile.

Nos intervalos, a primeira chamada era sempre com o apresentador do programa seguinte alertando o espectador de que “Ok, as eleições acabaram, mas tu realamente não quer saber o esses caras têm em mente até tomarem posse.

Ou seja, o ano por lá ainda não acabou para os jornalistas e políticos, que têm muitas contas a prestar. O que parece ter sido esquecido por decreto nas redações brasileiras.

Live blogging | Presidente do Mondo

21:06 | 04/11/08 | Rodrigo Alvares

21h01 - Daqui a pouco, os vencedores de cada estado nas eleições americanas. A boca de urna da CNN anuncia que dos eleitores que votaram pela primeira vez, 72% votou em Barack Obama, 27% em John McCain e 1% não declarou voto.

21h20 - Chega a ser tocante ver imagens das filas grotescas que os eleitores enfrentam para votar e a animação deles. Pena que nunca chegará aos pés de países realmente democráticos, como o Brasil - onde a cada pleito passa uma reportagem na TV de alguém remando 12 horas na Amazônia para ir e voltar porque o voto é obrigatório e ela pode ser punida se decidir ficar em casa e dar uma banana para os políticos.

21h35 - John McCain aguarda ansiosamente pelos primeiros resultados, segundo assessores de alto escalão do Partido Republicano:

abe_simpson.gif

Grandpa: Are we there yet?

Bush: No

Grandpa: Are we there yet?

Bush: No

Grandpa: Are we there yet?

Bush: No

Grandpa: ……..Where are we going?

22h02 - Os primeiros números dão vantagem de 51% a 48% para McCain sobre Obama no estado do Kentucky - que vale nove votos no Colégio Eleitoral. Em Indiana - que vale 11 votos na contagem -, o democrata bate McCain por 50% a 49%. Na votação geral, McCain está à frente de Obama com 51% a 48%.

22h06 - A CNN anuncia as vitórias de Obama em Vermont - estado do predidente do Partido Democrata, Howard Dean -, e de McCain em Kentucky. No placar geral, o republicano vence por oito votos a três. Faltam 259.

22h22 - Apuração inicial na Flórida indica vitória de McCain, com 53% a 46% sobre Obama. Nenhuma surpresa aí.

22h34 - Obama virou o jogo contra McCain na Flórida: 55% a 37% com 2% dos votos registrados. Segue o baile.

22h37 - O democrata esta à frente no total de votos - 1,082,147 a 1,017,343 -, mas McCain segue na liderança da maioria dos estados até agora.

23h07 - Mesmo sem saber direito o que dizer dos resultados onde as votações já estão encerradas, os jornalistas da CNN se divertem com o touchscreen para analisar como cada condado de cada estado votou. Tédio mortal. A previsão da emissora é de Obama saia desses estados com 77 votos contra 34 votos de McCain no Colégio Eleitoral. Mas ainda falta moito para se ter certeza de qualquer coisa.

23h47 - DescuLLpa, estava assistindo Homem-Aranha 2. As projeções da CNN dão o placar de 102 a 34 votos de Obama sobre McCain. Com mais 50 votos, Obama deve garantir a presidência. Entretanto, a apuração está mais devagar do que José Fogaça.

0h16 - A apuração vai varar a madrugada, mas as redes CNN e BBC dão uma vantagem de 110 votos a favor de Obama, mesmo que ainda não tenham encerrado as apurações nos estados. E ainda faltam os principais colégios eleitorais do oeste, como Texas a Califórnia.

0h25 - À medida na qual a contagem segue para o oeste americano, os eleitores devem dar a vitória a Obama. Bando de hippies.

0h31 - Ainda não votou em nóis para Melhor Weblog em Português no The Bobs? Não te fresqueia e vai lá.

0h49 - A pipa do Vovô não deve subir muito mais do que isso: 199 a 78. Os analistas imparciais da CNN já antecipam a derrota do republicano mesmo quando dão de esmola alguns estados a ele. Ninguém pensa que Obama vá perder nos estados do oeste.

0h56 - Onde está Sarah Palin? Os três votos que seu estado concede podem ser decisivos.

1h03 - “E se McCain conseguir ultrapassar o Obama, o que nós fazemos?”, pergunta Anderson Cooper a Wolf Blitzer, na CNN. “Nós damos a notícia, oras”.

1h27 - Repórter da CNN no comitê de McCain, no Arizona: “Dois altos consultores do candidato republicano já jogaram a toalha”. Pagaria para ver o que estão falando na Fox News. Hmm, melhor não.

1h36 - A suposta vitória no estado do Texas deu uma sobrevida a McCain, que lhe dá mais 34 votos, mas não chega a ameaçar Obama.

1h47 - Jesus, juro que não estou alucinando, mas acabei de ver o cantor Will.i.am dando uma entrevista via holograma na CNN.

2h - A CNN acaba de declarar Barack Obama como o próximo presidente dos Estados Unidos. Depois de vencer na Virgínia e somar 220 votos, encerraram as votações nos estados do oeste e, como era de se esperar, o democrata tem agora 297 votos e uma larga vantagem sobre John McCain. A multidão em Chicago entrou completamente em chamas e eles têm razão para isso. Barack Obama é o primeiro presidente negro da história do país em uma votação que pode ser descrita como “landslide” - resumindo: massacrou seu oponente nos estados que importavam. Agora, esperemos que venha visitar a Rocinha para um ziriguidum bacana.

Obama’s fake Shock and Awe

16:32 | 04/11/08 | Rodrigo Alvares

A sensação de euforia que meus amigos americanos deixam passar quando falam na mudança que representaria uma vitória de Barack Obama é bem justa e chega a lembrar da eleição de Lula, em 2002. Em como ele iria mudar o país e alçá-lo a um novo patamar no mundo.

Pena que aí os fatos batem na porta. Apesar de ser sua primeira eleição à presidência americana, Obama é do Partido Democrata, que de santo não tem nada. O senador não precisou de uma Carta ao Povo Americano para convecê-los de que não vai comer criancinhas, ainda que John McCain continue a dizer isso.

Mas o melhor é que todos sabem o que esperar dos democratas porque eles governam o país com os republicanos desde sempre. Muito, mas muito diferente da expectativa que os brasileiros aguardavam de Lula quando foi eleito presidente e levou o Pê Tê a tiracolo com o caixa dois da campanha. Aí, estourou o mensalão e todos ficaram surpresos quando viram que os petistas são tão corruptos quanto aqueles que chamavam de vendidos e entreguistas.

Eu tentei avisar meus amigos, que até doaram grana para Obama pela internet (numcunheçu) de que poderiam ser envolvidos em algum escândalo financeiro daqui a uns dois anos, mas parece que lá não é bem assim que funciona.

Oi, mãe

7:00 | 30/10/08 | Leandro Demori

Você ainda não votou na Nova Corja para melhor blog em língua portuguesa? Está sem ânimo? Acha que falta uma ajudinha capitali$ta? Pois espere!

Além de ajudar a eleger o mais melhor de bão blog independente de política do Braziu você ainda concorre a este maravilhoso a inestimável celulóide:

celular_thebobs.jpg
É seu, pode pegar

Agora não tem mais desculpa. VOTE djÁ!

Meu mundo caiu

17:02 | 28/10/08 | Rodrigo Alvares

Folha Imagem
0830229.jpg
“Como eu vou pagar o colégio do Kassabinho, prefeito?”

Destaque da campanha, ‘Kassabão’ tem validade pequena e será reciclado

‘Kassabão’, o boneco inflável que foi um dos sucessos da campanha do prefeito reeleito, Gilberto Kassab (DEM), está com seus dias contados. Depois de quase dois meses ininterruptos nas ruas de São Paulo, o boneco que ajudou a divulgar uma imagem simpática do prefeito deve virar sucata, ir para a reciclagem. (…)

O desenho reproduz o prefeito, com um toque mais juvenil, para imitar o ‘Kassabinho’ usado em adesivos, santinhos e na propaganda da TV. Cada exemplar custou R$ 1,5 mil –valor considerado ‘mais do que pago’ pela campanha, por causa do grande sucesso do boneco.

A última aparição dos bonecos, desta vez todos juntos, está programada para 1º de janeiro, na posse do prefeito.”

Quem, nós, responsáveis?

16:27 | 27/10/08 | Rodrigo Alvares

Até agora os diretórios estaduais e municipais do PMDB não se manifestaram sobre a agressão de militantes do partido ao jornalista da Folha de S.Paulo Graciliano Rocha. E pelo o que acabei de conversar com integrantes deles, isso não vai acontecer. Quase um dia já se passou e o PMDB não emitiu nota alguma sobre o ataque ao repórter, quanto menos sobre essa notícia:

Prefeito-candidato dá desconto em ônibus em Porto Alegre

“(…) Desde segunda-feira, usuários dos cartões magnéticos terão desconto de 50% na passagem, caso embarquem para um segundo trajeto dentro de trinta minutos. A passagem em Porto Alegre custa R$ 2,10. Pelo novo sistema, um passageiro que precisa tomar dois ônibus passa a pagar R$ 3,05 com o cartão, em vez de R$ 4,20.”

Mas confesso que estou curioso em saber por que a falta de interesse em emitir uma nota sobre o acossamento do jornalista dentro do comitê e a eventual ida de uma pessoa de dois metros que precisou ser acompanhada pela companheira de reportagem até a delegacia para fazer Corpo de Delito.

Notas sobre o assunto:

Abraji considera atentado à democracia agressão a repórter da Folha de S. Paulo

“A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo – Abraji considera um atentado à liberdade de expressão e à democracia brasileira a agressão sofrida pelo correspondente da Folha de S. Paulo em Porto Alegre, Graciliano Rocha, no comitê de campanha do prefeito reeleito José Fogaça (PMDB).

Ao chegar à entrevista coletiva do prefeito na noite do último domingo, o jornalista foi ameaçado por um dos militantes no local, que reclamou de uma reportagem publicada pela Folha no sábado, 25. Na saída da coletiva, que acabou sendo cancelada, Rocha levou um soco no rosto do militante que o havia ameaçado, caiu e levou pontapés dele e de mais dois militantes da campanha.”

Repórter da Folha é agredido por militantes de prefeito reeleito em Porto Alegre

No último domingo (26), o jornalista Graciliano Rocha, correspondente do jornal Folha de S.Paulo em Porto Alegre (RS), foi ameaçado e agredido por um militante em frente ao Comitê Central da campanha de José Fogaça (PMDB), prefeito reeleito da cidade.

Quando chegava à entrevista, um militante ameaçou Rocha - dizendo que ele não era bem-vindo ao local. (…) A ocorrência foi registrada no 10º DP e o jornalista foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) fazer exame de corpo de delito. Segundo o jornal Zero Hora, Clóvis Magalhães, coordenador da campanha de Fogaça, afirmou que “as questões implicadas devem ser pessoais e não da campanha. Eu lamento. O repórter deve tomar as medidas cabíveis”.

Espero que não só o repórter tome “asmedidas cabíveis”. Adoraria ver o Grupo Folha no cangote dessas pessoas que adoram criticar as agressões alheias e enfiam a cabeça em um buraco quando é com elas.

PMDB Fight (política de segurança)

16:11 | 27/10/08 | Leandro Demori

O goLLpe finaLL da campanha de José Fogaça dado ontem em um repórter da Folha (Petista-Rosarista-malvada) acalmou a bovinagem. Pela primeira vez na história da capital melhor em tudo um prefeito mostra que tem condições de assumir a segurança da cidade. No melhor estilo Cel. Mendes, o PMDB gaúcho deu sinais de que está disposto a resolver tudo de forma democraticamente esbofeteada.

Abaixo, um furo de reportagem: trecho exclu$ivo de um vídeo em que o prefeito reeleito José Fogaça mostra para o coordenador-de-campanha-caído (culpa da Folha, obviamente) Fernando Záchia como o partido pretende tratar os jornalistas du centru du país que descem até o Pampa para atiçar os melhores políticos do mondo. Foram poucos segundos de filmagem antes de nosso câmera…

Cacetada democrática

23:02 | 26/10/08 | Rodrigo Alvares

A Mídia Má, Feia e Bobona vem do centro do país e denuncia o que ninguém no Bovinão tem coragem? Joinha, tu lê e ainda assim reelege o Poeta, com todos os seus problemas. Sem contar os furos que a imprensa daqui não se cansa de levar. O único porém é quando os militantes do PMDB agridem covardemente um repórter porque ele está cumprindo seu trabalho. Foi o que aconteceu com Graciliano Rocha, da Folha de S. Paulo, agredido por militantes de Fogaça após a vitória de hoje.

Graciliano Rocha prestava exame de Corpo de Delito na delegacia quando liguei para ele. Continuou sendo hostilizado durante a coletiva. Detalhe: ele tem quase 2m de altura e não é exatamente uma pessoa que puxa briga com idiot…ops, militantes. Ao sair do comitê, Graciliano foi atacado pela claque de Fogaça. Se duvida, leia a Folha de amanhã. Ele precisou da ajuda da repórter Simone Iglesias para acompanhá-lo no IML e garantir sua segurança até chegar em casa.

O Blog da Rosane divulgou uma nota sobre o assunto, mas gostaria de saber se é realmente nisso que virou Porto Alegre. A Simone Iglesias comentou por MSN o que houve, enquanto estava na DP:

“Rodrigo Alvares diz:
que história foi essa com o graciliano?

simone diz:
menino, tô sentada no chão do IML

simone diz:
esperando o coitado que tá fazendo exame de corpo delito

simone diz:
apanhou, coitado

simone diz:
de uns militantes do poeta dentro do comitê

simone diz:
vou te passar o relato por aqui

simone diz:
o demori ligou pra ele mas bem na hora da ocorrência

Rodrigo Alvares diz:
me passa mesmo que vou publicar

Rodrigo Alvares diz:
falei com o graciliano há pouco

simone diz:
o graciliano chegou no comitê pra coletiva e, logo que entrou, um militante foi tirar as caras e dizer que ele não era bem vindo, que escrevia matérias filhas da puta.

simone diz:
(reconheceu nosso amigo pelo crachá)

Rodrigo Alvares diz:
sim, ele me disse

Rodrigo Alvares diz:
mas quantas pessoas atacaram ele?

simone diz:
graciliano não deu bola, entrou, sentou, esperou a coletiva que não aconteceu porque o poeta não parava nunca mais de suar (providenciais lenços Kleenex do lado)

simone diz:
quando foi sair do comitê, o magrão que ameaçou deu um soco no supercílio esquerdo. o graciliano caiu no chão, já do lado de fora, e foi chutado por mais dois (que ele lembre)

simone diz:
aí, o daniel do Terra viu e foi dar uma força. a turma do deixa disso entrou em campo e apartou a briga

simone diz:
depois que acabamos a matéria da eleição, fomos na 10a. DP

simone diz:
ele registrou ocorrência e agora tá na fila do IML

simone diz:
FILA, COITADO!

simone diz:
desde às 6h na rua e ainda tem que ficar na fila com uns assaltantes que tomaram umas porradas de uns funcionários do coronel mendes

simone diz:
o melhor: o comitê do foga$$a tava distribuindo birita de graça

Rodrigo Alvares diz:
deus

simone diz:
e cadê a blitz do coronel mendes pra prender a militância do poeta que vai sair da joão pessoa bêbada????”

Começou a eleição de 2010

19:41 | 26/10/08 | Rodrigo Alvares

E os principais vencedores até agora são estes:

Cláudio/ Agora
08300242.jpg20060912120223-mr-burns.jpg“Excelente”