Arquivo para a categoria ‘Demência’

Toca para o aeroporto

18:25 | 23/07/09 | Rodrigo Alvares

Mulher de Sarney cai e deve passar por cirurgia em SP (Folha)

A mulher do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), Marly Sarney, sofreu um acidente na manhã desta quinta-feira e deve ser transferida na noite de hoje para o hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Dona Marly, 77, deve passar por uma cirurgia, já que fraturou três costelas e também sofreu quatro fraturas na região do ombro. O presidente do Senado deve acompanhar a mulher durante todo o tratamento em São Paulo.

Segundo a assessoria do presidente do Senado, dona Marly teria tropeçado em um tapete e sofrido uma queda.

Os assessores não souberam informar se o acidente ocorreu na Ilha de Curupu, onde Sarney passa férias com a família, ou na residência deles em São Luís, no Maranhão. Mas disse que o presidente do Senado está muito abalado com o ocorrido e preocupado por causa da idade de sua mulher.”

De acordo com a Infraero, dois voos procedentes de São Luís devem aterrissar no aeroporto de Guarulhos por volta das 2h30 de amanhã. Sorte da dona Marly que o senador não é uma pessoa comum e já deve estar em algum jatinho.

A/C Manuela

23:19 | 14/07/09 | Rodrigo Alvares

Reprodução
une.jpg

Isso não acontece nem na Wikipedia. Cortar maconha urgente, OK? OK

Todo o universo é provinciano

3:11 | 04/07/09 | Rodrigo Alvares

Entendo os nervos à flor de pele por causa dos fracassos conjuntos do futebol gaúcho nesta semana. Jamais exaltarei o bovinismo - até porque saí daí por criticá-lo -, mas enquanto somos chamados de bairristas e provincianos pelo centro do país, essas coisas ainda acontecem. Será que dá para ser mais original?

Juiz paulista diz que RS deveria ter deixado o país (ZH)

Sorte dos gaúchos que os poderes do desembargador Paulo Octávio Baptista Pereira estarão restritos ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região. O presidente eleito da Corte, com sede em São Paulo, afirmou recentemente que melhor seria se o Rio Grande do Sul não fizesse parte do Brasil.

“Se não fosse a Revolução Farroupilha, ou se nós não fizéssemos uma oposição a ela, quem sabe nós teríamos nos livrado do Rio Grande do Sul. Assim, o Estado estaria hoje ao lado do Uruguai”, disse Baptista Pereira.

As declarações do desembargador foram divulgadas durante um julgamento realizado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo no dia 16 de junho. A Corte analisava o direito dos presos provisórios de votar. Para Baptista Pereira, os defensores da proposta estavam querendo oferecer o ‘direito aos piores da sociedade, aos que estão presos‘. (…)

A polêmica veio à tona porque as declarações e a gravação da sessão foram divulgadas por reportagem do site Consultor Jurídico, especializado em Direito e Justiça. Na Justiça gaúcha, o teor gerou indignação. O diretor de Comunicação da Associação dos Juízes (Ajuris), desembargador Túlio Martins, disse lamentar a ‘bobagem’ dita pelo colega:

‘Esse desembargador esqueceu que jurou a defesa da Constituição. Trata-se de um comentário preconceituoso, superficial e pouco inteligente.’

O presidente da OAB gaúcha, Claudio Lamachia, considerou ‘inadmissíveis e despropositadas’ as declarações. Para ele, Baptista Pereira ‘pecou na falta de equilíbrio e ponderação’:

‘Tivesse o ilustre magistrado separatista a oportunidade de ter compartilhado com o povo gaúcho, certamente não estaria hoje com sua eleição contestada judicialmente‘, disse Lamachia, em referência a uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) que impediu a posse de Baptista Pereira na presidência do TRF.”

Não gosto de me ufanar, mas alguém precisa dizer a esse beócio que os gaúchos têm orgulho, sim, de fazer parte da federação. A menos que defender um estado fronteiriço com dois países não seja suficiente, aconselho o nobilíssimo a ir ao acampamento farroupilha, em setembro, trajando o uniforme da seleção argentina. Aí sim, vai saber o que é ser gaúcho e brasileiro - quer dizer, se a gauderiada deixar o infeliz sair de lá.

Oduj muito a mentalidade bovina, mas chega uma hora em que o vivente cansa de ouvir essas bobagens de separatismo e argentinismo. Pessoas morreram para defender as fronteiras e os gaúchos são estigmatizados por causa de uma guerra que durou dez anos, e não dez dias, como a “Revolução Constitucionalista”.

Está mais do que na hora de passar por cima desse provincianismo.

Tranca em uma cela acolchoada e sai correndo

19:18 | 30/06/09 | Rodrigo Alvares

cone31.jpg

“Abaixo do Mampituba, la démence est moi”

Fui lá e vi galerias pintadas, não vi problemas
de vazamento e nem grandes problemas de infraestrutura. Não acredito que o Presídio Central seja o pior do Brasil”

Yeda Crusius, desgovernadora do Rio Grande do Sul

Jesus Cristo, a esquizofrenia tá pior do que imaginei. Não é à toa que não me deixam chegar perto dela. É para a minha segurança.

Compre o Poeta e ganhe um esquilinho

14:46 | 23/06/09 | Rodrigo Alvares

Fogaça, prefeito pop-star (Blog do Noblat)

129_2246-fogaca.jpg

O festivo prefeito de Porto Alegre, José Fogaça (PMDB), ganhou um agrado dos supermercados da Grande Porto Alegre, que anunciam o seu cd em local de destaque junto ao caixa, bem na hora do cliente pagar a conta. Ao preço de R$ 12,90, o cliente pode levar para casa os fandangos do Fogaça, que já foi homenageado pela música ‘Deu pra ti’ dos irmão Kleiton & Kledir. Enquanto Yeda Crusius (PSDB), a governadora, enfrenta as cruzes, Fogaça puxa logo um rasqueado e revela sua alma gaúcha.”

Morro. Só faltou escrever que Fogaça lançou esse cd um mês antes de confirmar sua candidatura à prefeitura de Porto Alegre, com uma vasta campanha publicitária de outdoors pela cidade. Mas ele negava que fosse concorrer, em 2004. Assim como nega quando questionado ao lado da desgovernadora sobre a eleição do ano que vem.

A Petrobras é nossa

18:59 | 08/06/09 | Jones Rossi

Muito legal essa história de blog da Petrobras. Quem melhor pode ensinar jornalismo ao Brasil que profissionais de assessoria de imprensa? Lembro dos tempos de faculdade, quando todos nós almejávamos o cargo mais alto do jornalismo: assessoria de imprensa. Correspondente de guerra, jornalismo científico? Isso era para os sem ambição, os fracassados.

Ninguém entendeu melhor a internet que eles. Mal posso esperar pelos novos e estimulantes passos dessa galera da pesada que vai aprontar altas confusões contra os malvadões da velha mídia. Imaginem só quando sair o twitter da Petrobras? Falta o Facebook da Petrobras e um perfil no Orkut com fotos do churrasco do fim de semana na plataforma P-alguma coisa, devidamente cheia de comentários dos mil e lá vai cacetada funcionários da comunicação: “KI FOTU BUNITA”. “ME ADD”. “OLHA A CLAUDINHA MAMADA, RSRSRS”.

Na real, achei ótima a iniciativa. Eu tenho o humilde costume de gravar não só minhas entrevistas, mas também o contato com as assessorias de imprensa. Então, nada mais justo que divulgar a conversa inteira. Certa vez, outra estatal de energia simplesmente mandou um email à minha editora na época negando ter dado uma entrevista para mim, simplesmente por não gostarem do que foi publicado. Em vez de refutar com argumentos, o que não poderiam fazer, já que a matéria estava correta, resolveram negar tudo. O problema é que eu tinha tudo gravado, em MP3, disponível via iTunes, RSS e o que mais quisessem.

Então, aproveitando este espírito de transparência suprema, comemoro a nova era estabelecida pela assessoria da Petrobras, que jamais teve a intenção de acossar jornalistas e estragar a apuração prévia. Afinal, se você é jornalista, trabalha sério e consegue informações exclusivas, por que não torná-las públicas via blog da Petrobras, para toda a concorrência ver? Esse negócio de sigilo é tão pré-twitter, tão pré-iPhone apps. Vamos evoluir, gente.

Sent from my BlackBerry Wireless Handheld

Vai com o teu coração

4:32 | 02/06/09 | Rodrigo Alvares

manu.jpg

No último domingo, Manuela d’Ávila (PCdoB/RS) esteve com seu namorado, José Eduardo Cardoso (PT/SP), no palanque da Copa do Mundo. Cardoso veio ao Sul para apoiar a candidatura de Tarso Genro (PT/RS) ao Piratini. Já sobre Manuela não tenho o que escrever, pois não sei direito o que ela faz - fora passar de papagaio de pirata em qualquer evento político -, e pior: concorreu à prefeitura com o honorado Berfran Rosado de vice e com toda a grana que a catrefa do PP$ forneceu.

Ser uma política pragmática não tem nenhum problema. A questão é quando tu te sentas cordialmente para discutir que papel terá na próxima eleição com alguém que era achincalhado em cada protesto promovido pela nobre deputada enquanto estava na faculdade.

manu2.jpg
“Se eu soubesse que era assim não teria fechado a Ipiranga tantas vezes”

MENOR DE IDADE (Rosane de Oliveira)

Bem que o ex-governador Germano Rigotto (PMDB) adoraria ter a deputada Manuela D’Ávila como sua vice na eleição de 2010, se for candidato ao Palácio Piratini, mas essa hipótese está fora de cogitação.

Por ter menos de 35 anos, Manuela não pode concorrer a governadora, vice ou senadora nem em 2014.

Ontem, Rigotto e a deputada almoçaram juntos no restaurante Vermelho Grill, em Porto Alegre. Falaram de eleições, mas não avançaram em relação a uma possível aliança.

O PC do B de Manuela tenta construir com o PSB a candidatura de Beto Albuquerque ao Palácio Piratini. Mesmo assim, Manuela diz que ela e Rigotto têm em comum pelo menos um objetivo:

‘Temos a mesma preocupação de unir, no Rio Grande do Sul, a maior parte dos partidos que compõem o governo Lula‘.”

Ainda bem que o PT não faz parte desse grupo há um bom tempo.

Castelo Watch

15:45 | 20/05/09 | Rodrigo Alvares

“O castelo poderia ter o formato de um
iglu. Poderia ter formato piramidal.”

O deputado Edmar Moreira começou a ler agora há pouco sua defesa no Conselho de Ética crente de que seus colegas vão inocentá-lo. Com a voz embargada por causa de um problema de saúde, agradeceu a “oportunidade do contraditório” e se pôs a ameaçar constranger seus pares com um choro copioso.

Volta e meia, a câmera da TV Câmara fecha no deputado Sérgio Moraes (PTB/RS). Edmar se acha injustiçado por ser o único dos 513 deputados a passar por esse questionamento.

Bra$iu.

Cavalgadura dos Pampas

17:01 | 15/05/09 | Rodrigo Alvares

Ontem tive o prazer de assitir o deputado Sérgio Moraes (PTB/Lixa nos cascos) no programa Conversas Cruzadas por quase cinco minutos. Em certa parte, ele falou que “a imprensa também aprendeu algumas lições nesse episódio” e teceu comentários chulos sobre a repórter que teria lhe feito a famigerada pergunta.

Segundo o nobilíssimo, os jornais erraram quando disseram que Edmar Moreira (Sem partido/ Com castelo) havia construído o imóvel com dinheiro de verbas indenizatórias. Não lhe ocorreu que havia uma reportagem feita há dez anos pela Veja sobre o fato.

Os jornalistas de redação erram como qualquer ser humano, mas a maioria deles tem prazer no que faz e em ver que seu trabalho é bem aceito tanto pelos colegas de profissão, mas especialmente pelo público. Não posso dizer o mesmo de quem compõe o Congresso, para ficar em um exemplo.

O deputado diz que se lixa para a opinião pública, sobe nos cascos quando dá entrevistas, mas desde ontem está entocado em Santa Cruz - viajou com o teu dinheiro, inclusive. Deve estar reunindo forças da sua base eleitoral para voltar à capital federal com vários depoimentos de apoio nas ruas e acossamento de jornalistas que estão lá, como um verdadeiro Centauro dos Pampas.

Os gaúchos sempre tiveram a fama de serem toscos, mas politizados e educados. E gostam de cultivar essa ideia, o que ajuda a entender como o estado está completamente falido tanto financeira como moralmente. Espero que os últimos episódios que têm envolvido boa parte de seus políticos ajude a acabar com esse ufanismo demente.

Vai, Delúbio. Ser aloprado é o que há

11:09 | 30/04/09 | Rodrigo Alvares

Blog em favor da volta de Delúbio ao PT provoca
mal-estar entre políticos (Folha/ assinantes)

del.jpg

A campanha de reintegração do ex-tesoureiro Delúbio Soares ao PT produziu mal-estar no partido ao expor, na internet, o nome de apoiadores da causa. No ar, um blog em favor da volta de Delúbio exibe uma galeria de fotos que inclui do senador Eduardo Suplicy (SP) ao ex-ministro e prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho. (…)

Até terça, as fotos eram acompanhadas pela inscrição ‘galeria de apoiadores’ (Morri demais). Ontem, depois de o ex-tesoureiro ter sido procurado pela Folha, o título mudou para “companheiros pestistas”.

‘Não sei de campanha. Não estou participando disso. Nem participo mais do diretório’, reagiu a senadora Ideli Salvatti (SC).

Marinho informou, por intermédio de sua assessoria, não ter autorizado o uso de sua imagem, nem mesmo assinado qualquer documento em favor de Delúbio.”

A Tran$parência da A$$embleia Bovina

17:32 | 29/04/09 | Rodrigo Alvares

No longínquo ano de 2006, o A Nova Corja denunciou irregularidades nas cotas de viagem de seis deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Bovinão à Finlândia.

Óbvio que na época não deu nada + nada, mas os exemplos grassam por ali - empresas terceirizadas administram do cafezinho até as contas dos celulares. Isso foi no fim do governo Rigotto.

Não gosto muito de repetir o que já foi publicado, mas devido à demanda popular, segue abaixo a sequência dos posts:

1) “Seu deputado na Finlândia, às suas custas

Em matéria publicada no mês de janeiro na Gazeta Mercantil, a empresa sueco-finlandesa Stora Enso, anunciou que iniciaria neste ano o plantio de uma base florestal no Rio Grande do Sul. (…)

No site da Assembléia, o deputado Berfran Rosado é o único a admitir ligações com as empresas de celulose. O tour finlandês, claro, é pago através dos impostos que o governo apoiado por Berfran usou para tungar os contribuintes gaúchos.

Cada deputado tem direito a uma diária de 400 euros. Como os seis deputados pretendem ficar cinco dias na Finlândia, o tour da celulose custará algo em torno de R$ 35 mil (12 mil euros).

No site Transparência, da AL/RS, apenas o deputado Edsom Brum (PMDB) divulga - erroneamente - as diárias recebidas. Está escrito que ele ficará fora entre os dias 10 e 12 de junho e receberá duas diárias por isso. Infelizmente, os deputados embarcaram na última sexta-feira (2 de junho).

Abaixo, a nota publicada no jornal Ibiá, de Montenegro:

Deputados gaúchos na Finlândia representam frente pelo florestamento

Seis deputados gaúchos embarcaram na sexta-feira (02/06) para a Finlândia, com a chamada ‘Frente Parlamentar do Florestamento’. Os parlamentares ficarão cinco dias naquele país com o objetivo de conhecer o sistema de florestamento e preservação ambiental finlandês. Vieira da Cunha (PDT), Edson Brum (PMDB), Berfran Rosado (PPS), José Sperotto (PFL) e os deputados do PP Marco Peixoto e Pedro Wesphalen vão cumprir roteiro preparado pela empresa de celulose Stora Enso. Os deputados viajam com diárias pagas pela Assembléia Legislativa gaúcha.

Por Amanda Fetzner, O Ibiá, 04/06/06″

2) “Fala comigo, Berfran

Para: berfran.rosado@al.rs.gov.br

Assunto: Stora Enso

Olá,

gostaria de saber quando o deputado Berfran Rosado (PPS/RS) pretende publicar no site Transperância, da Assembléia Legislativa, os gastos com as diárias de 400 euros referentes aos cinco dias em que sua comitiva passa visitando instalações da Stora Enso, na Finlândia. Diárias pagas pelos contribuintes.

Como foi um dos primeiros a defender o reflorestamento do Estado com Eucaliptos, o excelentíssimo tem a obrigação de dizer quem e como está pagando pela viagem.

Grato pela atenção,
Rodrigo Alvares”

3) “Quase lá

Como os outros deputados gaúchos que participam da Comissão do Reflorestamento na Finlândia se furtaram a prestar contas, publicamos abaixo o relatório da viagem feito pelo peemedebista Edsom Brum:

Viagens Internacionais - Relatório completo

Deputado: Edsom Brum (PMDB/ RS)

Data Ida:

10/6/2006 18:02:00

Data Volta:

12/6/2006 18:02:00

Destino:

Helsinki - FINLÂNDIA

Relatório da Viagem:

Finlândia - Helsinki

4) “Deputados torram diárias em tour na Finlândia

Denúncia exclusiva: deputados gaúchos gastam R$ 78 mil em diárias da Assembléia Legislativa em tour patrocinado por empresa finlandesa de celulose

A Nova Corja reporta o fato há dias.

Acabo de confirmar com o gabinete do deputado Edsom Brum (PMDB/RS) a falcatrua feita com as diárias internacionais da Assembléia Legislativa. Notícia publicada no Jornal Ibiá sobre a data de partida dos deputados foi corroborada pela assessoria do deputado estadual. A Comissão realmente está em viagem na Finlândia desde sexta passada (2 de junho).

Mas, ao invés de retornar hoje (7 de junho) – como estava previsto – quando acabam as cinco diárias oferecidas oficialmente pela Casa, os excelentíssimos resolveram continuar o Tour da Celulose no País Alto.

A assessoria de gabinete do deputado Edsom Brum me confirmou que a Comissão inteira volta no dia 13 de junho (terça-feira da semana que vem) ao Estado. Segundo a assessora, quem marcou toda a viagem para o deputado foi a secretária do deputado, que, coincidentemente, estava fazendo exames médicos no momento da ligação.

Quanto ao gasto das diárias da Assembléia, a assessora também não soube responder às informações desconexadas no site da Assembléia:

Assessora de Edsom Brum: “Mas onde tu viu isso?”

A Nova Corja: “Hã, no site Transparência da Assembléia

Assessora de Edsom Brum: “Mas pra qual veículo tu escreve?”

Ela pediu que eu ligasse mais tarde – leia-se Depois da Hora do Almoço – para conversar com o chefe de gabinete. Acho que não preciso. Repetindo: cada deputado tem direito a uma diária internacional de 400 euros. Como os seis deputados pretendiam ficar cinco dias na Finlândia, o tour da celulose custaria algo em torno de R$ 35 mil (12 mil euros).

Que se manifeste quem pagou o resto da fatura dos parlamentares: R$ 78 mil pelas diárias entre os dias 2 e 13 de junho, fora a comitiva levada pelos parlamentares.

Isso é apenas a ponta da farra das diárias na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul.”

Ex-farra aérea

13:02 | 28/04/09 | Rodrigo Alvares

“Eu tinha crédito, já era meu, não era da Câmara”

- Agnelo Queiroz (PT/DF)

A revelação do uso das cotas dos deputados para viagens era a pontinha do iceberg. O site Congresso em Foco publicou uma informação que também deve ser discutida daqui a pouco, no plenário da Câmara:

Câmara paga passagens para ex-deputados

Mesmo após o fim de seus mandatos, pelo menos 117 ex-deputados tiveram passagens aéreas pagas pela Câmara no período de fevereiro a dezembro de 2007. Desses, 28 usaram a cota mais de 20 vezes, para emitir um total de 896 bilhetes com destinos nacionais. A lista é encabeçada por Almeida de Jesus (PR-CE), com 81 voos, Hamilton Casara (PSDB-RO), com 57 passagens, e Miguel de Souza (PR-RO), com 56.

A relação dos 28 que mais usaram o benefício, mesmo sem mandato, inclui o presidente nacional do PPS, Roberto Freire (PE), o ex-ministro dos Esportes Agnelo Queiroz (PT-DF), o atual vice-governador de Mato Grosso do Sul, Murilo Zauith (DEM), e o ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP). Procurados pelo Congresso em Foco, apenas Freire e Agnelo se manifestaram sobre o assunto (confira as justificativas).

Quatro ex-parlamentares não viajaram com as cotas, mas transferiram todas as passagens para familiares e terceiros: José Divino (sem partido-RJ), Remi Trinta (PR-MA), Jorge Gomes (PSB-PE) e Reinaldo Gripp (PP-RJ).

Entre os que mais usaram o benefício da Câmara, estão sete ex-deputados denunciados pela CPI dos Sanguessugas em 2006. São eles: Almeida de Jesus (PR-CE), Neuton Lima (PTB-SP), Edna Macedo (PTB-SP), Bispo Wanderval (PR-SP), Jonival Lucas Júnior (PTB-BA), além dos já citados José Divino e Reinaldo Gripp.

O número de ex-deputados que continuaram gastando os créditos da Câmara pode ser ainda maior. Os registros aos quais o Congresso em Foco teve acesso são apenas da Gol e se restringem ao ano de 2007.”

O fim de mais uma semana degradante

17:00 | 24/04/09 | Rodrigo Alvares

Difícil de admitir que chega ao fim uma das semanas mais degradantes da vida política no Brasil desde, hmm, março. Os poderes Judiciário e Legislativo escancararam quão bem representados os brasileiros estão. A surpresa foi o Executivo passar os últimos dias incólume no quesito Demência.

Comecemos pelo gritedo da última quarta-feira no Supremo Tribunal Federal (STF) entre seu presidente, Gilmar Mendes, e o ministro Joaquim Barbosa. O primeiro é um grande defensor das liberdades individuais, especialmente a de Daniel Dantas. O segundo, enquadrou a quadrilha do mensalão.

Mas não quero discutir a politicagem dos ministros do STF. Quero deixar registrado o sorriso escrachado, jeca, e as risadas de escárnio de Mendes depois de ouvir “Vossa Excelência está destruindo a Justiça deste País e vem agora dar lição de moral em mim?”, proferida por Joaquim Barbosa. É a melhor ilustração do que esperar de nossos dotô.

mendesri.jpg
“Meus capangas têm olhos azuis e não moram em Mato Grosso”

Em matéria do Estadão de hoje: “‘Truculento’, ‘estrela’, ‘exibido’, ‘grosseiro’, ‘pop star’ e ‘brucutu’ são alguns dos adjetivos que alguns ministros e integrantes do CNJ usam para se referir a Gilmar Mendes”. Dificil discordar.

A sessão do dia 22 foi reprisada na TV Justiça e o desdém de Mendes às opiniões não apenas de Barbosa, mas a boa parte dos ministros, é gritante. Claro que o replay da briga não foi ao ar.

O pior de tudo é perceber que o comportamento de Gilmar Mendes me lembra o de Severino Cavalcanti (PP/PE) quando presidia a Câmara, o que também não me deixa mais tranquilo.

Quanto ao escândalo da farra das passagens aéreas na Câmara dos Deputados, o mais digno é apenas publicar algumas frases sem identificar os parlamentares que as emitiram. Tenho certeza de que quem votou neles consegue reconhecer seus respectivos estilos discursivos:

“É humilhante para o Deputado saberem para onde vai. Ou se corta isso, ou então se tem coragem de aumentar o salário do Deputado. Não aumentam por falta de coragem. A Mesa precisa rever isso com urgência

“Ao proibir-se as passagens para os cônjuges, pretende-se que essa seja uma Casa de celibatários

“Daqui a pouco estarei andando de jegue, morando em uma casa de palafita e mandando mensagem por pombo-correio

“Não posso mais trazer minha filha para dormir comigo?

A pauta da semana que vem já está definida e até demorou a aparecer: um esquema de venda de parte da cota de passagens para agências de viagens, que seria feita por funcionários de gabinetes.

Te decide, Protógenes

16:32 | 20/04/09 | Rodrigo Alvares

O delegado Protógenes Queiróz publicou uma nota constranegedora em seu blog para se defender da matéria publicada ontem pelo Estadão. Não fosse perturbador alguém escrever sobre si na terceira pessoa, ele se sai com pérolas como essas:

“Continuam as informações de conteúdo duvidosos a respeito da conduta do Delegado Protogenes como servidor público federal nas ações de combate a corrupção, com o propósito exclusivo de, em defesa do banqueiro condenado Daniel Dantas”.

Ele vai além: “No tocante à matéria publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo em sua edição de 19.04.2009, esclareço que sou convidado, com frequência, para proferir palestras em vários pontos do país, tendo sempre como tema meu trabalho cotidiano, ligado ao combate à corrupção e à criminalidade.

Nada cobro e nada recebo por essas palestras além das passagens aéreas e, se necessário, a hospedagem, que são fornecidas por aqueles que fazem o convite. Desconheço por quem ou de que forma essas despesas são pagas.

A nossa participação nas Universidades em palestras é gratuita e não é ligada a nenhum partido político, razão pela qual atendo, na medida do possível, a todos os convites que honrosamente me são formulados, como servidor público cumpridor do meu dever para com a sociedade e o Brasil.”

Pelo visto, Protógenes não leu essa matéria no Estadão de hoje:

Protógenes deve ser aposta eleitoral do PSOL em 2010

Protógenes diz que foi convencido pelos líderes do PSOL de que, embalado na bandeira do combate à corrupção, alcançará a marca de 1,5 milhão de votos em uma eventual disputa por uma vaga deputado federal por São Paulo no ano que vem.

O PSOL, por sua vez, aposta que o ex-chefe da Satiagraha, com a sua fama de ‘justiceiro’, alcance um desempenho duas vezes superior ao conquistado pelo ex-prefeito Paulo Maluf (PP-SP) na urnas em 2006.”

Abra$$o, Jackson

15:55 | 18/04/09 | Rodrigo Alvares

‘Me sinto violentado’, diz Jackson Lago
após deixar sede do governo do MA (G1)

Foto: Douglas Júnior/ O Imparcial
jack2.JPG

O ex-governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), afirmou ao G1 nesta sábado (18) que se sente ‘violentado’ pela decisão de sua cassação. Na última quinta-feira (16), O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou por unanimidade a cassação dos mandatos de Lago e de seu vice, Luiz Carlos Porto (PPS) e decidiu dar posse imediata à senadora Roseana Sarney (PMDB) no cargo de governadora, segunda colocada nas eleições de 2006. (…)

Questionado se ainda está otimista em relação às ações, ele respondeu que os ‘advogados estão otimistas’. ‘Mas nós nos sentimos muito violentados. Estamos nos acostumando à decisão’, afirmou o ex-governador, por telefone. (…)

Ele contou que resolveu deixar a sede do governo, o Palácio dos Leões, neste sábado porque teve sua ação recusada pelo Surpemo. ‘Nós dissemos, desde o primeiro momento que nós sairíamos em duas circunstâncias: se a Assembléia elegesse um novo governador de forma indireta (…) ou se o Supremo Tribunal Federal não despachasse a nossa ação ao nosso favor, que foi o que aconteceu.’”