CARTILHA DO PERFEITO IDIOTA PORTO-ALEGRENSE

17:03 | 15/01/05 | Rodrigo Alvares

O perfeito idiota porto-alegrense é um sujeito que preenche nove dos dez seguintes requisitos:
1) Acha que o pôr-do-sol do Guaíba é único (leia-se o mais belo do mundo por obra da sua natureza porto-alegrense).
2) Acha que Porto Alegre se tornou uma cidade turística e cosmopolita depois do Fórum Social Mundial.
3) Acha que o pôr-do-sol do Guaíba ficou mais bonito durante os 16 anos de Administração Popular.
4) Acha que Porto Alegre é demais.
5) Acha que os gaúchos são mais cultos e mais politizados que os demais brasileiros.
6) Diz ‘a Companhia’ em vez de a Companhia das Letras.
7) Acha que ‘Caetano é Caetano e Chico é Chico’.
8) Odeia o Diogo Mainardi porque ele fala mal dos nossos gaúchos.
9) Acha que críticas ao PT são artimanhas da direita. Críticas, mesmo tardias, ao FHC, são obrigações de toda pessoa esclarecida.
10) Sempre que se refere ao Verissimo, acrescenta: ‘Como ele é tímido’.

(…)

O perfeito idiota porto-alegrense é amigo dos seus amigos e inimigo dos inimigos dos seus amigos mesmo quando esses inimigos possam ter razão, o que, bem entendido, nunca ocorre, visto que um inimigo dos nossos amigos naturalmente nunca tem o desplante de ter uma boa idéia.
Segunda razão para se ler o Correio do Povo.


Juremir Machado da Silva

CARTILHA DO PERFEITO IDIOTA PORTO-ALEGRENSE

Porto Alegre fica no Rio Grande do Sul. O Rio Grande do Sul fica no Brasil. O Brasil fica na América do Sul. A América do Sul faz parte da América Latina. A América Latina é célebre por ser um continente que não dá certo. Não dar certo, na opinião de alguns, é uma qualidade por representar uma oposição aos êxitos norte-americanos. Existe um livro que trata de um ‘perfeito idiota latino-americano’. Logo, levando-se ao extremo esse encadeamento original e altamente sofisticado, deve existir um perfeito idiota porto-alegrense. Em princípio, essa idéia, embora dentro da lógica exposta, parece absurda, pois, como todos nós sabemos, Porto Alegre é uma cidade de gente brilhante. Para fins de raciocínio, nada mais do que isso, eu tomarei como hipótese a existência de um perfeito idiota porto-alegrense. Como seria esse personagem impossível?

Conforme uma cartilha encontrada no lixão do arroio Ipiranga, o perfeito idiota porto-alegrense, não confundir inteiramente com o perfeito papo-cabeça porto-alegrense, é um sujeito que preenche nove dos dez seguintes requisitos: 1) Acha que o pôr-do-sol do Guaíba é único (leia-se o mais belo do mundo por obra da sua natureza porto-alegrense). 2) Acha que Porto Alegre se tornou uma cidade turística e cosmopolita depois do Fórum Social Mundial. 3) Acha que o pôr-do-sol do Guaíba ficou mais bonito durante os 16 anos de Administração Popular. 4) Acha que Porto Alegre é demais. 5) Acha que os gaúchos são mais cultos e mais politizados que os demais brasileiros. 6) Diz ‘a Companhia’ em vez de a Companhia das Letras. 7) Acha que ‘Caetano é Caetano e Chico é Chico’. 8) Odeia o Diogo Mainardi porque ele fala mal dos nossos gaúchos. 9) Acha que críticas ao PT são artimanhas da direita. Críticas, mesmo tardias, ao FHC, são obrigações de toda pessoa esclarecida. 10) Sempre que se refere ao Verissimo, acrescenta: ‘Como ele é tímido’.

Fica bastante claro, desde o primeiro momento, que não deve ser fácil encontrar um tipo assim na capital gaúcha. O perfeito idiota porto-alegrense apresenta outros sintomas, embora secundários, da sua condição inigualável. Declara-se inimigo de todo maniqueísmo, mas acha que os seus adversários sempre têm interesses, enquanto ele mesmo só tem projetos. Adora certos gaúchos até o momento em que eles começam a fazer sucesso. Porém, o mais comum é que deteste alguns gaúchos até o momento em que façam sucesso.

O perfeito idiota porto-alegrense não admira o talento, mas o sucesso. Vive indignado com essa história de ‘lá fora’. Diz que isso nem existe. Porém, vibra quando um dos nossos faz sucesso ‘lá fora’. Defende a liberdade de expressão acima de todas as coisas. Entretanto, se atacado, ameaça com processo judicial. Que quase nunca se cumpre.

O perfeito idiota porto-alegrense é amigo dos seus amigos e inimigo dos inimigos dos seus amigos mesmo quando esses inimigos possam ter razão, o que, bem entendido, nunca ocorre, visto que um inimigo dos nossos amigos naturalmente nunca tem o desplante de ter uma boa idéia. Trata-se, na verdade, de um fenômeno patafísico estudado desde a Grécia antiga e ainda não esclarecido: por que será que só os amigos dos nossos amigos são capazes de ter uma idéia genial?

Questão deveras complexa para ser abordada num espaço de simplificação. Toda vez que um amigo de um perfeito idiota porto-alegrense é criticado, o que dificilmente acontece, a turma toda grita contra a sua falta de ética e propõe o linchamento do abusado em nome da identidade, da cultura, dos brios, da valentia, da honra e, claro, da amizade que une os gaúchos de todos os rincões.

Felizmente, o perfeito idiota porto-alegrense é uma abstração, uma ficção, uma piada de mau gosto encontrada numa cartilha de mentirinha. Desafio alguém a encontrar um só porto-alegrense capaz de preencher nove dos dez itens citados antes. Impossível. Nós, porto-alegrenses, estamos acima do mau tempo e das caricaturas.

Tem uma coisa que não somos: bairristas. Tudo, menos isso. Todos sabem que em Porto Alegre nunca houve cartilha. Nem haverá. Afinal, Porto Alegre é demais e tem um pôr-do-sol único, sob o qual se pode ler um livro bacana, da ‘Companhia’, numa boa, ouvindo um ‘ramilongo’ e refletindo até concluir em dó menor: Chico é Chico e Caetano é Caetano.

Tags: , ,

Postado por Rodrigo Alvares, 17:03, 15/01/05, na(s) categoria(s) Povo Bovino. Você pode acompanhar os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Deixe um comentário ou coloque um trackback em seu site.

16 comentários para “CARTILHA DO PERFEITO IDIOTA PORTO-ALEGRENSE”

  1. Walter diz:

    “Defende a liberdade de xpressão acima de todas as coisas. Entretanto, se atacado, ameaça com processo judicial. Que quase nunca se cumpre.”

  2. Walter diz:

    Mestre absoluto.

  3. Walter diz:

    Melhor resposta ao Furtado.

  4. Bruno Galera diz:

    O blog tá todo em itálico. Fechem umas tags e ESCREVAM UM POUCO. rhgs

  5. träsel diz:

    juremir?

  6. Mojo diz:

    Merece uma gravação no estilo FILTRO SOLAR, com a voz do próprio Juremir.

  7. r diz:

    Pra mim, não acrescentou muito esse comentário do Juremir. Continuei na mesma. Embora saiba quem ele é, quem o Jorge Furtado é, continuei na mesmíssima depois que li. Pra mim soa como um recado inútil tipo “vamos dar aquela espicaçada divertida nos brigões de plantão e aproveitar para aparecer também”.

  8. Bruno Galera diz:

    Se um COMENTÁRIO acrescentar alguma coisa a alguém, a hecatombe se consuma no mesmo microssegundo.

  9. Bruno Galera diz:

    Procurar RELEVÂNCIA é a danação maior da humanidade.

  10. r diz:

    Claro que acrescenta. Um bom exemplo é o teu comentário.

  11. r diz:

    Contradição performativa.

  12. gabriel diz:

    acho que as tags tão certas, Bruno. O problema é que é TUDO citação.

  13. Jurandão diz:

    11) o perfeito idiota porto-alegrense acha o correio do povo um grande jornal.

  14. roger diz:

    12) Gre-nal é o maio clássico do futebol mundial!

  15. Facials diz:

    Hot teen amateur facials with some crazy close-up photography of these hot spring breakers!
    http://www.facial4u.com

  16. fobias fobos diz:

    Parabéns a todos os PIP’s (perfeitos idiotas portoalegrenses):
    A petulância é a marca registrada.
    Por do sol mais lindo sobre o maior esgoto a céu aberto do mundo; Bebem a mesma água onde fazem as suas 3,5 milhoes de fezes por dia. Tem mais corredores de onibus (vazios) do que ruas e avenidas.
    Capital dos cocôs nas calçadas.
    Paraiso comunista (com o dinheiro dos outros é claro).
    Transformam-se em gaudérios uma vez por ano, mudam até a lingua.
    Na terra do churrasco, o desafio é achar uma churrascaria que preste.

Comente