Minc não quer Mangaba tomando conta do mato

10:37 | 16/05/08 | Mário Camera

Como dizia o filó$ofo (Romário, não Walter): Acabou de entrar no ônibus e já quer sentar na janela.

Quanto à coordenação do Plano Amazônia Sustentável, que motivou a saída de Marina Silva, o novo ministro (Minc) explicou que o ministro de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, em Brasília, cuida de problemas de tecnologia, de defesa nacional, de grandes programas para o país. A indicação de Unger para coordenar o Plano não lhe parece adequada. Minc sugeriu que Jorge Viana, ex-governador do Acre, ocupasse o cargo. A primeira reação de Viana foi de rejeitar o convite”.

RFI

Força contra os hippies, Mangaba!

Tags: , , ,

Postado por Mário Camera, 10:37, 16/05/08, na(s) categoria(s) Crise Política, Mangaba Unger, Petistas. Você pode acompanhar os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Deixe um comentário ou coloque um trackback em seu site.

1 comentário para “Minc não quer Mangaba tomando conta do mato”

  1. Marcos Paulo diz:

    Indústria de celulose e ecologista, tudo a ver…(tudo a ver mesmo!!afinal,
    a grande maioria dos “ecologistas” vivem, faturam, enricam “defendendo” a
    ecologia..)

    Ervanário.

    Do Painel da Folha:

    “Apesar de sua posição histórica contra o aumento das florestas de eucalipto,
    Minc recebeu duas doações da gigante de celulose Klabin em sua campanha para
    deputado estadual, em 2006: R$ 20 mil em nome da empresa e outros R$ 9.492
    do proprietário, Israel Klabin

Comente