GoLLpe na nossa cachaça

19:25 | 07/08/08 | Walter Valdevino

Como se não bastasse o crescimento de 10,43% na arrecadação de impostos e contribuições do governo no primeiro semestre de 2008 (R$ 333,208 bilhões), agora também vão aumentar o imposto sobre bebidas alcoólicas.

Pelo menos tiveram a dignidade de deixar o mijo de rato a $€w@ de fora.

Agüentar o Braziu sóbrio = NINGUÉM MERECE.

Da Folha Online:

Receita aumenta imposto para bebidas alcoólicas, mas poupa cerveja

A Receita Federal anunciou mudanças na tributação de bebidas alcoólicas “quentes”. Entre elas está o aumento de 30% no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) a partir ($ic) 1º de outubro para esses produtos.

O aumento atinge bebidas como vinho, cachaça, vodka e uísque, mas deixa de fora a cerveja, que se enquadra em outras regras de tributação.

(…)

O imposto sobre uma garrafa de uísque importada deve passar de cerca de R$ 14,00 para R$ 17,00. No caso de uma garrafa de cachaça, produto mais barato, o IPI sobre de cerca de R$ 0,34 para R$ 0,39. Na vodka, deve passar de R$ 2,00 para R$ 3,00.”

Tags: , , ,

Postado por Walter Valdevino, 19:25, 07/08/08, na(s) categoria(s) Demência seletiva. Você pode acompanhar os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Deixe um comentário ou coloque um trackback em seu site.

17 comentários para “GoLLpe na nossa cachaça”

  1. Tiele diz:

    É pouca diferença de valores mas bem que se utilizam de todas as formas pra nos roubar as poucas alegrias.
    Como se não bastace o que temos gastado com táxi nas voltas pra casa!
    :/
    Nova campanha de incentivo ao patriotismo:
    “Sou brasileiro e me ferro sempre.”

  2. Leandro Demori diz:

    Não ligo, só uso crack.

  3. xafurdei diz:

    Foda-se to destilando em casa mesmo… do barril pro copo… ugg

  4. Max Colorati diz:

    poupam a cerveja porque a cerveja já é tributada em 25% de ICMS. Além disso, as poucas e grandes cervejarias são potenciais financiadoras de campanhas. Por último, político também bebe, e não é pouca coisa.

  5. Wagner diz:

    Agora mesmo que ninguém mais vai comprar essa bosta de vinho nacional.

    W

  6. Pedro Henrique diz:

    “Como se não bastasse o que temos gastado com táxi nas voltas pra casa!”

    Exatamente…

  7. ingrid diz:

    só o vinho da colônia vai descer. e a polar bem gelada (por enquanto)….estamos quase voltando à escravidão..erêerêee

  8. Marcelo Träsel diz:

    Sugiro vinho chileno. O Brasil tem um acordo com o Chile: não cobramos imposto do vinho transandino, eles não cobram imposto dos nossos ônibus.

  9. Patricio diz:

    DON MELCHOR DJÁ!

  10. Willian Wallace diz:

    aumento do imposto dos vinhos + Ana Amélia Lemos = SURTO

    Não perco ela na gaúcha hoje por nada.

  11. Coorioso diz:

    Se eles pensam que me pegam com esse aumentozinho aí, erraram o pulo. Rivera neles!

  12. Marcia diz:

    Concha y Toro en Rivera djá!

  13. Humberto diz:

    Que bom que o Uruguay é ali ao lado.
    Só tomo bebida “importada”.

    “Como se não bastasse o que temos gastado com táxi nas voltas pra casa!”

    Prefiro dirigir trêbado do que pegar taxi de noite em Porto Alegre.

  14. Quaresma diz:

    Ainda confio que o Lula vai cancelar essa sacanagem quando voltar das chinas.

  15. Marcelo Amorim diz:

    Concha y Toro en Rivera djá! [2]

  16. gg diz:

    Alerta total!!!!!!!!!

    Vinicultores gaúchos querem sobretaxar vinhos decentes de países decentes que fazem vinhos decentes!

    Sangria de boi, pessoal, sangria de boi. Never forget (seus 12 anos).

  17. ariela *(sob efeito vinícola) diz:

    lobby grosso.

    defendo atentados a bomba contra cervejarias mainstream.
    comecemos pela fábrica de repolho da Schincariol, ali na linha que vai para a Serra.

    aliás, bomba nos kikitos também.
    odeio festivais.

Comente