Espigou geral

20:03 | 12/11/08 | Rodrigo Alvares

É nessas horas que sinto falta do Isaac Ainhorn para botar ordem na vala:

Pontal do Estaleiro: manifestantes protestam dentro e fora do Plenário (ZH)

Os manifestantes, que planejaram um protesto silencioso para o debate sobre o Pontal do Estaleiro, não resistiram aos discursos acalorados dos vereadores e iniciaram uma série de insultos e vaias nesta quarta-feira, na Capital.

Foto: Pedro Revillion
espiga.jpg
É demais para mim. Insira legenda

Estudantes e integrantes de entidades ambientalistas ocupavam a Câmara, dentro e fora do plenário. O público foi formado também, por uma minoria de representantes do Sindicato da Construção Civil de Porto Alegre, que só observava a sessão.

Aqueles que não receberam uma senha, puderam acompanhar os discursos do lado de fora do plenário onde foi instalado um telão, com toldo e cadeiras. Munidos de pandeiros, megafones e tambores, o espectadores vibravam e chegaram a atirar moedas contra o equipamento instalado no saguão.

Elson Sempé Pedroso
haroldo.jpg
Democracia não tem vez em estádio de futebol

Com o ato, o grupo insinuava que os parlamentares favoráveis ao projeto estavam recebendo dinheiro das empresas privadas envolvidas na obra. Do lado de fora do prédio um estudante se vestiu de espigão para simbolizar a construção do empreendimento.”

Tags: , , ,

Postado por Rodrigo Alvares, 20:03, 12/11/08, na(s) categoria(s) Porto-alegrenses. Você pode acompanhar os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Deixe um comentário ou coloque um trackback em seu site.

120 comentários para “Espigou geral”

  1. marlon diz:

    CHINELAGEM INFINITA

  2. MILHO! diz:

    “Tudo começou quando o vereador Alceu Brasinha (PTB) se irritou com o colega Zé Valdir (PT). Brasinha teve de ser contido pelos seguranças da Câmara.”
    E demência, não? Li boatos de que a Goldsztein seria a construtora do projeto. Procura ali no portal Transparência Brasil pra quem a empresa doou nas eleições de 2004.

  3. evandro medeiros diz:

    O que mais me assombra é o fato desses projetos “polêmicos” serem votados, senão sempre, na maioria das vezes, a noite, na hora da novela, do futebol, enfim, assim, bem assim, na “cIlada (sim, cilada) da noite”. Pelo menos, coisas assim, deveriam ser decididas em plebiscitos e não por dúzia e meia de pessoas “suspeitas”.

  4. Diogo diz:

    Quem é o sabugo aí da foto??

    Como o porto-alegrense gosta de uma perfumaria. Decerto para exercerem sua mais melhor de tudo politização do universo …

    Pelo que sei aquela área é privada e está imunda. Espigão djá!

    Aliás, mandem esse “limpa, coça e penteia” recepcionar o Bu$$atinho no aeroporto.

    Que o Zé Geraldo já avisou que vai soltar os pombos…

  5. MILHO! diz:

    É, aquela área está imunda, mesmo. Bem que o dono da área privada poderia fazer uma limpeza. Quem é o dono, mesmo? Ah, sim! O mesmo que usa a sujeira e abandono como desculpa pra mudar a lei.

  6. maustar diz:

    milho…imunda tá a cidade inteira…aliás podiam aproveitar e liberar para PPP o gasômetro q tá sempre cheio de maloqueiro -> Haroldo de Souza pra prefeito jah!

  7. maustar diz:

    e só não foram 21 votos porque o Adelil caiu fora…O vovô Dip decidiu no meio da Sessão…

  8. Marcelo Amorim diz:

    Pôxa, o projeto foi aprovado… as putas, os traficantes e as baratas que freqüentam o local atualmente devem estar muito tristes.

  9. alex diz:

    Me diz uma côsa: e aquela área privatizada que fica entre o Veleiros de Sul e a Vila Assunção, alguém tá preocupado com o impacto ambiental do esgoto a céu aberto e as condições terríveis que aquela gente ali mora? E o acesso do povo (eu) ao Guaíba, cuméquifica? Alguém já se preocupô em melhorar a vida daqueles levando-os prá um lugar mió di bão? Tem mais é que dá prus rico o mesmo ispaço dus pobre… Desde que us rico paguim pur isso… Cobra que eles págu… merda por merda, tem de sobra ali adiante… Ah, ninguém tá pagano nadica di nada prá eu…

  10. evandro diz:

    boa lembrança: já que foi privatizada a privada imunda do estaleiro, acho que nao tem problema ceder, em definitivo, aquela área aos moradores residentes entre o veleiros e o sava… ou sera que o fedor da burguesia pode e o da pobreza não? tá com medo?

  11. Carlos Maia diz:

    Eu tenho raiva de quem vai morar no Pontal do Estaleiro. Eu tenho ódio de quem vai ter uma sacadinha com vista para o lago. Eu detesto aqueles que vão aos bares e restaurantes do Pontal. Eu odeio quem vai utilizar aquelas ciclovias ou correr naquele calçadão. Eu detesto tudo isso. E muito mais.

  12. alex diz:

    Ô Evandro, a vida não tem te favorecido? Prefere o lugar feio pobre do que o belo lugar dus rico? Acho mesmo que tens razão, tem que dar o direito de área práquela genti, depois comprar deles e fazer belos prédios com bares (a carçada da fama tá piquena prá eu) prá moi di eu tomar um xopinho lá dispois i cssá umas gatinha. Acorda viventi, decha di ranço… Ocêis vem cum essi discurçinho dispois vem fala em turismo na feia porto alegre onde nasci… nasci aqui, mais Papai do Céu mi deu dois óio prá inxergá e um célebro prá pensá… Pur isso qui nóis dois pensemo tão diferenti…. Medo, eu? Num tenho medu di genti. Só di burreza.

  13. everton diz:

    Picaretagem da pura!!

    O ” empreendedor” ( dizem ter boa participação do grupo RBS) adquiriu a área num baixo valor pelo próprias restrições ambientais que eram colocadas e agora, comprou vereadores para ocorrer alterações na lei 470/2002, que define o regime urbanístico na área do antigo Estaleiro Só, ampliando em muito o volume construtivo e seu uso.

    Área construida com dinheiro coletivo, público e tomado por bagatelas!!

    POA indo de mal a pior, viva a especulação imobiliária!!!

    Obs: Alguém sabe quanto custou e quanto vai gerar de $$$$$$$$ para o Prreeeeendedddooooorrrrrrrrrr???

  14. everton diz:

    Lembrando as cabecinhas novinhas, quanto a áreas aparentemente abandonadas.

    Quando começou o grande aterro da Usina até Assumpção surgiram propostas de servir como parques publicos para melhoria das condições de vida no concretão urbano, ampliando areas verdes na cidade, não criando barreiras de predios frente ao rio com melhoria da ventilação, etc… De outro, ocorreu um discurso replicado pela grande midia, que justificava “na camufla” os interesses de alguns em relação ao destino de toda orla do Guaíba era de privatizatização direto ( da RBS e outros construtores).

    Nos 14 anos da Administração Popular, os caras recuperam aos poucos a orla e os especuladores tiveram que engolir isto.

    Mas parece que se deram bem, parece a desforra dos que perderam privatizar a área da usina e entorno.

  15. S. Omar Ramos diz:

    Em Porto Alegre, com 25 mil se tira até as calcinhas dos vereadores. E mudar a lei pra construir espigão pode, mas pro terceiro mandato do Lula, não? Era contra o 3° mandato, mas agora vou ser a favor, ALIÁS, nada mais é incostitucional. Vamos colocar todas as leis no LIXO. Daqui pra frente, só produto pirata e nada de pagar impostos.

  16. everton diz:

    Sobre manifesto do IAB contrário ao desrespeito a definição da área no Plano Diretor como de Regime Especial:

    “O manifesto do IAB, encaminhado à Câmara de Vereadores no dia 15/10, resgata a história de ocupação e “venda” dessa área de 42 mil metros quadrados, colocada à venda em leilão público para saldar dívidas trabalhistas do Estaleiro Só. Os primeiros leilões públicos, em 1999, não tiveram interessados. Somente em 2005, a propriedade foi vendida em leilão público por cerca de R$ 7 milhões para o grupo SVB Participações.

    Para permitir um uso compatível com o interesse público e com o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental, o Poder Executivo de Porto Alegre propôs (baseada em estudo urbanístico), em 2002, a Lei Complementar 470, aprovada pela Câmara Municipal, e que define o regime urbanístico para a área, propondo “atividades de interesse cultural, turístico e paisagístico” , e a responsabilidade do proprietário pela construção de um parque urbano, com acessibilidade pública, vedando atividade residencial e prédios com altura acima de quatro pavimentos.

    Por questões econômicas, tramita na Câmara o Projeto de Lei Complementar do Legislativo, PLCL 006/08, propondo modificações no regime urbanístico da área, permitindo um uso muito mais intenso da área.

    Porém, quando examinado pela Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e do Mercosul da própria Câmara Municipal, esta aponta que, conforme o artigo 62 das disposições transitórias do Plano Diretor de Porto Alegre, cabe ao Executivo Municipal, com prévia apreciação dos Conselhos Municipais, propor matéria dessa natureza.

    A inconstitucionaidad e do projeto também é questionada pelo Sindicato dos Engenheiros (Senge), em manifesto encaminhado à Câmara no dia 14/10, que alerta para tópicos do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Porto Alegre, que preconiza “Regime Especial” para a área, destinada a atividades de cultura, lazer e esportes.

    Outro item observado pelos engenheiros é o projeto urbanístico da área que, por considerar o uso privado de parte dela, contraria o disposto no PDDUA. “Uma possível alteração do Plano Diretor certamente desencadeará um precedente perigoso para o aproveitamento das demais áreas da Orla do Lago Guaíba”, salienta o manifesto do Senge, ao citar o Parque Marinha, onde há aproveitamento público com recursos públicos, “propiciando aos portoalegrenses uma importante área de cultura, esporte e lazer, de acordo com os preceitos do nosso Plano Diretor”.

    “a Orla do Lago Guaíba é o maior patrimônio paisagístico natural e cultural da Cidade de Porto Alegre, e sua ocupação deve ser criteriosa em respeito ao direito das futuras gerações a desfrutarem de um desenvolvimento ambientalmente coerente e com qualidade”.

  17. Diogo diz:

    Depois que fizeram o aterro do beira-rio, tá valendo.

    O “clube do povo” pode? A burguesia não?

  18. adso diz:

    o que dá raiva é terem demolido o bar do alemão e o timbuka.
    dois ótimos lugares, mesmo, pra curtir por do sol e tomar uma ceva.
    :/

  19. Ricardo diz:

    Eu, como presidente da Associação dos Ratos, Baratas, Cupins e Afins - ARABACA, repudio veementemente esse projeto que irá desalojar milhares de nossos associados. A orla é nossa há décadas, fora seres humanos!!!

  20. Marcelo Amorim diz:

    “Nos 14 anos da Administração Popular, os caras recuperam aos poucos a orla e os especuladores tiveram que engolir isto.”

    hauhuhauhauah

    com essa, vou dormir

    De um lado os perversos especuladores apoiados pela RBS (sempre eles, esses judeus danados), e de outro os defensores do povo, representados pelo PT (o partido da ética).

  21. gg diz:

    Certa feita, o Zero Hora (Imprensa do Mal) publicou matéria na qual relatava que vários arquitetos de outros países visitaram e sugeriram mudança para Porto Alegre. Em comum: o mau aproveitamento da orla.

    Vamos analisar: onde quer morar a classe ascendente de Porto Alegre? Em muquifos super-faturados de classe média (leia-se: apertamentos custando mais de R$250.000,00) no Bela Vista, Boa Vista, Auxiliadora e adjacências da Carlos Gomes e Iguatemi. Ou seja, um lugar que não dá em lugar nenhum e quando faz a curva dá na Azenha e outras regiões falidas da cidade.

    Durante o Governo PêTê, Olívio, o Puro, e seus asseclas da Pureza não permitiram nada na orla. No máximo, orla era para virar uma grande “rambla” cubana - funciona assim, meio como praia do Arpoador aos domingos - o povo vai à praia, e traz suas atividades culturais (som alto, lixo e arrastões) e você sobe pro seu apartamento.

    Olívio era mesmo o governo do Nem-Trepa-Nem-Sai-de-Cima. É o que se pode esperar de um governador que cultiva um bigode descomunal, fala com voz e jeito caricato de gaúcho da fronteira (eu disse: caricato), e que chupa erva-mate o dia inteiro. Ah, e tem sua origem no sindicato dos bancários. Só podia fazer merda mesmo…Acho que todo petista deveria ter uma bolsa-passagem-aérea para vistar 10 cidades do mundo ocidental civilizado e ver o tamanho da merda aqui no pago. Esta cidade é uma quase-bosta. Sorry, gaudérios. Sem crise de macheza. Pega mal, ok? Voltem pro seu programa cultural favorito: entupir artérias com carne de péssima qualidade (hehehe, até o Chitãozinho e Chororó - Deus meu! - abrirem uma churrascaria aqui, não se comia churrasco decente - se comia melhor no Rio ou em Brasília do que aqui.)

    Voltando…A Zona Sul de PoA tem potencial de ser a melhor área habitacional da cidade, a que teria melhor qualidade de vida. Além disso, uma orla do Guaíba saudável e vibrante pode ser a receita para tornar esta cidade minimamente atraente (porque atualmente, é de uma feíura abjeta - parece a prima-irmã de Montevideo, uma cidade que parou na década de 70).

    Imaginem só, que delícia, se Porto Alegre tivesse, por exemplo, um metrô elevado que costeasse a orla indo até a Zona Sul…Não, acho que não vai rolar.

    Civilidade aqui não vai rolar - ou as construtoras vão estuprar a cidade, tornando-a uma Camboriú, ou as associações de moradores, lotadas de ex-ripongas, ex-comuistas e aposentados-falidos-em-geral vão impedir tudo.

    PoA é demais.

  22. Rodrigo Alvares diz:

    “Nos 14 anos da Administração Popular, os caras recuperam aos poucos a orla e os especuladores tiveram que engolir isto.”

    Pergunta para os petistas como foi que a Universal conseguiu alvará para construir aquela monstruosidade na Júlio de Castilhos que tu vai entender onde estão os “especuladores”.

    O mais engraçado é usar caixa alta para designar o período do PT na prefeitura.

  23. Dário D. diz:

    É isso aí, Marcelo!

    Vamos esperar que “o PT (o partido da ética)” volte - um dia - para defender a causa!

    Dignidade para os ratos, baratas, ‘pontas’ e cocôs flutuantesl do Guaíba djá!!!

    - - -

    Papinho “RBS mente” all over again? Ah, claro… investimentos e construções na cidade não pode… pichar muros e prédios sim… aham… Peraí que vou rabiscar na parede do meu quarto aqui, talvez a Madre Teresa ressucite…

  24. Rodrigo Alvares diz:

    gg: “Voltem pro seu programa cultural favorito: entupir artérias com carne de péssima qualidade”.

    Bah, se existe uma coisa para discordar é disso. A menos que tu me conte onde arranjar carne decente no Fumaquistão.

  25. gg diz:

    Me diz tu onde comprar carne decente aqui. Me diz que eu vou lá comprar DJÁ.

    Não tem. Sabe por quê? Porque TODO gaúcho acha que é MESTRE em churrasco. Logo, não movimentam o mercado de carnes de qualidade. Compram no Zaffari, mesmo.

  26. Rodrigo Alvares diz:

    gg: não sei fazer churrasco direito. Mas sei quando a carne é de zebu.

  27. Thiago diz:

    Não faço churrasco, eu asso carne. Comer churrasco é pra quem participa do carnaval de inverno no parque da Harmonia.

  28. Meg diz:

    Oi, minha primeira vez aqui no site!
    Desculpem minha ignorância mas eu não acompanhei essa história do estaleiro. Qual é o real problema disso tudo? Por que está acontecendo tanta confunsão em cima disso?
    Já falei que sou IGNORANTE então não me chinga porque é melhor perguntar do que ser pra sempre como eu HEHEHE

  29. Aloir diz:

    Carne molinha com açafrão de cu é rola.

  30. Tiele diz:

    ‘Advinheee’!

    Demência, é a palavra!

  31. borne1979 diz:

    @Meg, é o seguinte:

    Passo 1: Compre terreno a preço de banana (7 milhões, não dá nem 6 aps caros na Bela Vista) com baixo potencial construtivo definido por lei. Área de interesse cultural e ambiental.

    Passo 2: Mude a lei pre$$sionando os vereadores. Multiplique o potencial construtivo e a altura.

    Passo 3: Construa, e venda. Profit.

    Quem perde? A população em geral perde uma área originalmente destinada a prédios e equipamentos públicos. As redes de esgoto, pluvial e de transportes ficam (mais) sobrecarregadas. Ou seja, mais cocô, engarrafamento e alagamentos para todos.

  32. Camilo diz:

    Meg, leia e releia:

    http://www.novacorja.org/?p=4079
    http://www.novacorja.org/?p=4083
    http://www.novacorja.org/?p=4100

    Depois de entender tudo, entre na comunidade “Eu odeio A nova corja” no orkut.

    Odju

  33. Gralha diz:

    “entupir artérias com carne de péssima qualidade (hehehe, até o Chitãozinho e Chororó - Deus meu! - abrirem uma churrascaria aqui, não se comia churrasco decente”

    Ah tá, e vai me dizer que com Chitãozinho e Chororó nossos problemas foram solucionados??

    Meu camarada, se você não sabe ainda onde achar carne boa nessa cidade, pesquise mais. Perguntar nos corredores do Zaffari não adianta, mesmo.

  34. Gralha diz:

    Parece que temos só duas opções: ou construímos espigões, ou as baratas continuarão dominando a orla do Guaíba.

    Que povo triste esse, parece que não existe meio termo aqui.

  35. maustar diz:

    complementando borne1979:
    Como viabilizar:
    1) Pegue uma população sedenta de projetos que devolvam o uso da orla à população (diga q sai shopping, gera 20000empregos, cerveja dadobier, que vai parecer holanda e blablabla).
    2) Não apresenta nenhum projeto viável e deixe a população bastante frustada.
    3) Pega um projeto que o Collares não passou nos anos 80, molha a mão dos vereadores e arruma alguns meios de comunicação para fazer umas animações bonitinhas.
    4) Promete umas pracinhas e que apesar de ser privado todo mundo vai poder usar.
    5) Chama todos q são contra de ecochatos e anti-desenvolvimentistas e pronto:
    rasgada qualquer lei que limite a construção de edificições na orla.

  36. Camilo diz:

    Para entender o caso:

    - post 4079
    - post 4083
    - post 4100

    Aqui nesta mesma corja.

  37. Marcelo Amorim diz:

    Projeto do PeTê para a Orla do Guaíba: http://www.arquivoweb.net/arquivo.php?id=2254702

    bem popular

    fora especuladores!!!

  38. alex diz:

    Olha aí, Evandro, tirei isto do final de teu longo arrazoado:

    “a Orla do Lago Guaíba é o maior patrimônio paisagístico natural e cultural da Cidade de Porto Alegre, e sua ocupação deve ser criteriosa em respeito ao direito das futuras gerações a desfrutarem de um desenvolvimento ambientalmente coerente e com qualidade”.

    E pergunto a tí e aos outros vremeios: é o que acontece com a área ocupada após o Veleiros do Sul e antes da Vila Assunção? A palhaçada esquerdizóide pseudo ambiental que fizeram com a legislação pré-venda da área teve tantas restrições que no primeiro leilão não teve interessados. Depois alguém pagou 7 milhões e corre o risco de não conseguir fazer nada no local, pois é óbvio que o “jus-esperniandi” vai correr por um bom tempo no caso. Eu, se tivesse 7 mi, jamais botaria naquele troço. Mas é muito primário afirmar que o comprador - não sei e nem me interessa saber quem é - botou 7 mi na frente e é vigarista. Quanto a se tem vereador comprado ou não, te digo: se eu fosse vereador, votaria a favor “de grátis”. Estão insatisfeitos com os edis que temos? Fácio!!! Candidatem-se na próxima eleição, elejam-se e façam bunitu. Ou, no mínimo, por que não se mexeram e evitaram a eleição destes que tão aí, já que até os postes da cidade (inclusive eu) já sabiam quem era contra ou a favor? ABAIXO O RANÇO ESQUERDISTA! FORA MULLA!

  39. GBRL diz:

    A única coisa que o PT fez pela orla foi o Anfiteatro. Preciso dizer algo mais?

    Porto Alegre já é a cidade mais burra do mundo.
    Quando era bonita, lá pelos anos 50, destruiu prédios baixos e antigos pra erguer o belíssimo Centro que temos hoje (alguém aí já viu fotos do Araújo Viana do tempo em que ficava na frente do Piratini, onde hoje é aquela maravilha de Assembléia “transparente”?). Ignora completamente um rio que, apesar de feder como um mendigo, rende cenários bonitos. Agora vai construir a Torre de Merda, o maior e melhor mirante em uma torre que armazena esgoto in natura no mundo (procurem no Goggle).

    Fodam-se essa cidade e seus moradores. Construir espigões na beira do rio não vai tirar o nosso título. Mãos à obra, pessoal.

  40. Simone diz:

    ANFITEATRO = PIADA

  41. Bob diz:

    “Agora vai construir a Torre de Merda…” pior, vamos fechar tudo logo.
    Daqui a pouco vão colocar “canoas à veneziana” no Dilúvio.

  42. Fróid diz:

    Antes de ficarem de mesquinharia sobre quem vai ganhar o quê com o projeto do Pontal, derrubem aquele horrendo e “hiper-anti-ecológico” muro da Mauá….

    Depois…. vamos combinar…. se tem algo que Porto Alegre não precisa é de mais um parque “Murrinha do Brasil”….

  43. Van diz:

    GG: penso exatamente igual à vc. Conheço bem a orla do Guaíba. Não sei se conheces Niterói, mas a orla da Baia da Guanabara, no centro onde existem as Barcas e os aerobarcos era a exaltação do terror estético. Jorge Roberto da Silveira, um menino culto, bem nascido e viajado quando prefeito, chamou Oscar Niemeyer, q. apesar da idada avançada, tem um escritório state-of-the arts. Oscar planejou toda a Orla, com o projeto pronto e provado, começaram pelo belíssimo museu do MAC em Boa Viagem, uma das praias da orla, q. trouxe turismo intenso para Niterói, a partir do prédio do museu, q. foi bancado pela prefeitura, construtoras particulares começaram a desenvolver condomínios de luxo em frente, nos morros, onde um favelão se formava, e ainda existe,, mas foi obrigado a repartir o espaço com construções SUPER bacanas. Existia um prédio abandonado há séculos, um antigo hotel, pois a vista dali é treslumbrante, mas seus antigos proprietários não tiveram bala pra ir até o fim. Agora essa construção quase em ruínas, foi terminada, e é TUDO. Foram feitos flats em cascadas, cada andar não tem vizinho em cima. É uma pirâmide; na sua frente, bucólicamente instalada, uma Igrejinha colonial do sec XVI, abençoa das alturas os homens de bem q. acreditam na estética como forma de despertar o Belo no ser humano. Mudou o governo, entrou o PT, mas as obras da orla continuaram. Foi promessa de campanha. O povo assim o exigiu e quer. Vários prédios comerciais já estão prontos. O projeto compreende tudo: parques, museus, areas comerciais, bares e restaurantes, Universidade Federal Fluminense, tudo já funcionando. Agora José Roberto da Silveira foi reeleito em primeiro turno, claro, e tenho certeza q. vai acabar seu governo entregando à cidade de Niterói, um dos mais belos projetos de orla já feitos no país e quiça, no mundo.

  44. Cusatto diz:

    Tem dois tipos de imbecis. Os que ganham com as maracutaias (compreensível), e dos quais a camara ou a assembléia estão tomados, e os otários, os que nada ganham mas ficam felizes mesmo assim porque odeeeiaaam póóóbre fedorento que ainda por cima é tudo massa petista.

    Alex, dario, outros: Vocês que amam o haroldo e outros palhaços, podem fazer fila pra dar o cu pra eles.

  45. adamastor diz:

    Comprarei um apartamento de cobertura no Pontal do Estaleiro e ficarei jogando papel higiênico molhado na pobretalha que passeará com seus cachorros na orla.

  46. Fróid diz:

    Aasfgjkfghsd!!! Qualquer discussão entre esquerda e direita sempre acaba com recomendações de sexo anal….

  47. Gralha diz:

    kfçadjadsaçdkas

    adamastor acabou com a discussão. única solução possível

  48. sm diz:

    cronologia

    200? a 200?: período em SVB Participações colocou vereadores no bolso
    2005: ano em que o nome SVB Participações apareceu pela primeira vez
    2008: ano em que o nome fucking SVB Participações apareceu pela primeira vez

  49. marlon diz:

    VAMU VAMU INTEEER

    bjchkasxbcjas

  50. alex diz:

    Cusato, quando falei em “ranço esquerdista” foi exatamente em gente como tu que pensava. E, falando em “como”, tua mulher gostou do trato que lhe dei, enquanto berravas lá na Câmara?

  51. Carmencita Descalza de la Bienaventurada Virgen María del Monte Carmelo diz:

    A Orla é ótima:
    http://news.bbc.co.uk/newswatch/ifs/hi/newsid_3230000/newsid_3234100/3234164.stm

  52. marlon diz:

    PURA CORDIALIDADE, os comments.

  53. pedro eslota daique diz:

    Sou muito sensivel a cidade pois define como vivemos e nos relacionamos.
    A apatia eleitoral somada ao fomento anti PT desviaram o foco das questões fundamentais. Que abusrdo ignomio permite que em 2 turnos de papo e desvios não saisse uma definição/compromi$$o dos candidatos em relação a orla e outros. Só bovinóides mesmo pra votar em prefeito sem comprometimento nas qustões fundamentais, lavando as mãos pra assemlbeia faturar e assim, em dadiva aprovando projetos do executivo e se calando na hora de fiscalizar.

    Se tem algo que POA precisa é se abrir pro lago. Isto choca todos que visitam a cidade. Esta esquizofrenia kafkiana!

    Triste, triste, nem quem comprará os APs lindosos, supimpa escapará da melancolia, da falta de uma vida genuina de bairro, de um clima de cidade pequena que regiões bem administradas proporcionam. Terá que sair de carro pra ir a xopin comprar pão e fugir da katrefa escondida ao lado dos portões e ao lado das câmeras.
    Pelo que conheço da corja conseguirão juntar o peor dos 2 mundos criando uma mistura de barra da tijuca com camburiu, num conjunto desconexo, amorfo e profundamente melancólico !

    morri

    falta de

    ção a bola

    comprometimento dos can

    Como não haver um projeto

  54. Van diz:

    Como vcs. são pessimistas…. Pedro, a orla a que me referi percorre vários bairros é enorme, e tem sim caráter de “Bom-dia, tudo bem?” Aí, me liga!

    No outro lado da Baia, não tão planejado assim, mas tb. com resultado excel, estão Lagoa, Ipanema, com pistas de bicicleta, skate, baixo-bebe, quiosques, gente lendo, conversando de várias classes sociais. Eu estou falando de coisa que vivo. Quanto á classe A q. pode comprar os prédios em frente á orla, são os primeiros à honrar a área, a preservá-la pois eles são os primeiros a querer desfrutar do barato que é uma área de convívio e laser popular. Amplie os horizontes!

  55. pedro eslota daique diz:

    Carmencita,
    “A Orla é ótima:”
    Ja genau aber was gibt´s damit zu tun ?

  56. Tiele diz:

    PURA CORDIALIDADE, os comments.[2]

    hasuhsas.

  57. Rodrigo Alvares diz:

    Na boa, o melhor é deixar essa parte da cidade completamente abandonada? É pra ser um ESPAÇO LÚDICO? Entendo todas as implicações ambientais, mas, porra, tá na hora de fazer QUALQUER COISA ali.

  58. Sílvio Freitas diz:

    Vamos concordar em uma coisa, os caras são espertos, compraram uma área nobre da cidade por 7 milhões e uns quebrados, barata exatamente por suas limitações construtivas, e mudam a lei para poder construir qualquer coisa. Pô, os caras são profissionais, deixaram o lugar completamente abandonado, nenhuma autoridade os pressionou para manter o lugar em ordem, e agora nós moradores da zona sul vamos pagar o pato. Pois só um retardado mental pode imaginar que um emprendimento dessa proporção, junto com o shopping, não vá tornar aquela parte da cidade um caos.

  59. Van diz:

    Esse é o Rodrifo, q. eu admiro!

  60. Van diz:

    Carmencita, oiê! Vc. sempre brincando com as palavras. Gostaria de saber o q. vc. pensa realmente quanto à orla do Guaíba. Depois vou lá no seu site ler mais.

  61. Van diz:

    Rodrifo ficou uma mistura de Rodri e fofo, suave….

  62. Van diz:

    Cadê Monsieur Pedro Von Brito? Afobou-se com o Guíba?

  63. Ingênuo diz:

    PT com Arquivo X é demais para mim, essa mistura é realmente inusitada. Acho que o sujeito viu Arquivo X até ficar doidão (não soube parar a partir da metade da 5º temporada) ouviu um Petista na TV e se encantou. Pelo menos é uma boa técnica de ‘demonização’ visto a quantidade de idiotas que acreditam…

  64. everton diz:

    Os que fascinados por predios altos como simbolo de modernidade, principalmente formando barreiras na orla, tem nesses cambalachos da vida politica e economica reinante uma boa forma de ser um jovem “empreendedor” para tornar essa cidade com uma face de uma cidade de I Mundo.

    Conselho do blog celeuma:

    Ao amigo leitor interessado em investir no ramo imobiliário, resumimos a nova fórmula: compre uma área verde em leilão público, devidamente desvalorizada pelas restrições ambientais. Projete um prédio residencial com possibilidade de comércio. Ofereça apartamentos e futuros financiamentos para a campanha eleitoral para os representantes da população na Câmara alterarem a lei ambiental. Assim o terreninho da área verde triplica de valor, devido a sua localização privilegiada e de quebra, permite que você construa o que bem entender no local. Ah, não esqueça de chamar isso de progresso!

    http://celeuma.blogdrive.com/

  65. everton diz:

    Favor postar minha mensagem

  66. everton diz:

    Conselho do blog Celeuma

    http://celeuma.blogdrive.com/

    Ao amigo leitor interessado em investir no ramo imobiliário, resumimos a nova fórmula: compre uma área verde em leilão público, devidamente desvalorizada pelas restrições ambientais. Projete um prédio residencial com possibilidade de comércio. Ofereça apartamentos e futuros financiamentos para a campanha eleitoral para os representantes da população na Câmara alterarem a lei ambiental. Assim o terreninho da área verde triplica de valor, devido a sua localização privilegiada e de quebra, permite que você construa o que bem entender no local. Ah, não esqueça de chamar isso de progresso!

  67. Fróid diz:

    # Sílvio Freitas diz:
    12:38, 13/11/08

    Vamos concordar em uma coisa, os caras são espertos, compraram uma área nobre da cidade por 7 milhões e uns quebrados, barata exatamente por suas limitações construtivas, e mudam a lei para poder construir qualquer coisa. Pô, os caras são profissionais, deixaram o lugar completamente abandonado, nenhuma autoridade os pressionou para manter o lugar em ordem, e agora nós moradores da zona sul vamos pagar o pato. Pois só um retardado mental pode imaginar que um emprendimento dessa proporção, junto com o shopping, não vá tornar aquela parte da cidade um caos.

    ================================

    Aquilo lá já é um caos há séculos.!! Vai melhorar um pouco com alguma urbanização.

    Agora….. não entendi o qual é o pato que os moradô da zona sul vão pagar?!?!?

  68. everton diz:

    CENSURA Á LA POLIBIO BRAGA, VCS ESTAO CADA VEZ, UMA LÁSTIMA

  69. everton diz:

    Fotos do que ocorreu ontem na votação

    http://celeuma.blogdrive.com/

  70. Camilo diz:

    Os comments com links são censurados previamente e necessitam de aprovação, everton.

    Mande teu endereço e telefone que eu libero o comentário, ok!

    EoAnc.

  71. everton diz:

    ok

  72. Carmencita Descalza de la Bienaventurada Virgen María del Monte Carmelo diz:

    aber was gibt´s damit zu tun ?
    Alles.

    o q. vc. pensa realmente quanto à orla do Guaíba
    Suja.

  73. Carmencita Descalza de la Bienaventurada Virgen María del Monte Carmelo diz:

    aber was gibt´s damit zu tun ?

    Aber was HAT es damit zu tun…

  74. Carmencita Descalza de la Bienaventurada Virgen María del Monte Carmelo diz:

    o q. vc. pensa realmente quanto à orla do Guaíba

    Antes conseguir saber o que penso, eu gostaria de informar-me sobre o que diz a legislação sobre terras da marinha. Vou precisar pesquisar.

    Eu não sou contra a construção de algo realmente chique à margem de esgotos lacustres. Porém, deixar o privilégio de cheirar o bodum que o ar trás apenas para eventuais residentes do local algo pouco democrático. Cocô para todos!

  75. Carmencita Descalza de la Bienaventurada Virgen María del Monte Carmelo diz:

    Carmenrata:

    Antes DE conseguir…

  76. Fróid diz:

    Adoru os caras não conhecem como funfa o blog e ainda querem dar esporro… ADSDHKRGKL!!!

  77. Cristiano Muniz diz:

    Para vocês terem idéia do baixo nível de alguns de nossos representantes eleitos, o sr. vereador Haroldo de Souza (PMDB) fez sinais obcenos e me mandou, sem nenhum rodeio, TOMAR NO CU. Ele se sentiu ofendido porque estávamos chamando-o de mercenário. Perdeu as estribeiras e mostrou não possui aptidão social para ser agente político. Há duas semanas, esse cidadão vem me ameçando e me desrespeitando, dizendo que sou desordeiro.

    Ora, sou cidadão desta cidade, tenho pleno direito de manifestar minha insatisfação com os agentes políticos do meu município. Agora, uma pessoa que enche a boca pra dizer (cheio de vaidade) que é representante eleito do POVO não tem o direito de mandar uma pessoa do POVO tomar no CU. E esse sujeito ainda queria o número da minha identidade para me processar. Eu é que devia processar esse crápula fascista!

    Relato completo em http://salveopampa.blogspot.com

  78. Fróid diz:

    Recomendo namoradas para todos os envolvidos…. Asjkgsdgf!!

  79. alex diz:

    Mas tchê, olha aí os argumentos como esses:

    “Vamos concordar em uma coisa, os caras são espertos, compraram uma área nobre da cidade por 7 milhões e uns quebrados, barata exatamente por suas limitações construtivas, e mudam a lei para poder construir qualquer coisa. Pô, os caras são profissionais, deixaram o lugar completamente abandonado, nenhuma autoridade os pressionou para manter o lugar em ordem, e agora nós moradores da zona sul vamos pagar o pato. Pois só um retardado mental pode imaginar que um emprendimento dessa proporção, junto com o shopping, não vá tornar aquela parte da cidade um caos.”

    7 mi foi barato? Achas pouco? Pô, mas foi um II leilão! Por que não foste lá e compraste, se é pouco?

    “e agora nós moradores da zona sul vamos pagar o pato.” -

    Sim, e tu queria o quê? Que o comprador em leilão pagasse o pato? Alguém aí acha que a vida é foto-novela? No de quem foi lá e comprou pode, no dos que ficaram comendo mosca não? Isso que a coisa vai ficar sub-judice anos… Vão trabalhar e ganhar dinheiro prá ter uma área igual, bando de teóricos!

  80. Francisco Luz diz:

    Haroldo ADIVIIIIINHE o que vão fazer no Estaleiro só.

    Pronto, vou mimbora.

  81. Rodrigo Alvares diz:

    Cristiano: não tinha ninguém lá que gravou isso?

  82. Camilo diz:

    Procurei “Haroldo de Souza” no youtube e não achei nada nos últimos 2 dias.

  83. evandro diz:

    Alex, rançoso é tu.
    Nem entro no mérito do quanto foi pago, quem comprou, o que será feito, porque acho que isso é da vida. Gente que foi eleita prá pensar pelo povo e acha que, assim, o povo estará sendo beneficiado, decide por nós o melhor pro estaleiro, prá esquina da tua casa, da minha, enfim. Eles sabem e eu não sei.
    Tu sabe o que é melhor prá ti? Ótimo! Siga em frente e sê feliz, véio!
    Prá isso que inventaram a Sprite e o Free.
    Qualquer coisa abre uma Schincariol.
    Mas, a respeito do que vem a ser melhor para o “povo”, duvido que seja qualquer ação que o exclua e, se o censo diz que tem mais pobre que rico por aí, então sou favorável que se pense na maioria.
    Tipo assim: Querem construir? Beleza! Vamos fazer mais apartamentos para classes menos abonadas ali. Ao invés de algumas centenas da falsa classe média, várias e várias centenas de populares… Vamos fazer o centro comercial ser movido por esta mão-de-obra, vamos pensar numa escola, quem sabe quanta coisa pode vir à tona?
    Ah, mas querem é lucrar? Mas e o povo? Esqueceram dele?
    Essa é minha primeira questão.

    A segunda é histórica: Decisões como esta, sem discutir, aqui, se contrária ou favorável a minha posição, não podem ser tomadas num lugar suspeito, por pessoas suspeitas, em horário propício a levantar suspeitas do processo. Isto tudo é, no mínimo, suspeito, não te parece?

  84. Diogo diz:

    Alguma chance do empreendimento valorizar os imóveis do entorno, da zona sul?

    Aguardo resposta.

  85. Marcelo Träsel diz:

    MORRI com a idéia da TORRE DE MERDA:

    http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&uf=1&local=1&template=3948.dwt&section=Blogs&post=52118&blog=273&coldir=1&topo=4026.dwt

  86. Alvaro Nascimento - Direto da Porto Alegre das calçadas cagadas, do patrimônio público pichado e da falta de educação no trânsito. diz:

    Aproveitem a oportunidade e pesquisem a legislação sobre terrenos DE marinha ( não confundir com terrenos DA marinha). Vocês descobrirão que a maioria das propriedades particulares existentes na orla da zona sul foram contruídas de forma irregular. E nesse triste episódio vamos mais uma vez rasgar uma lei em benefício de uns poucos. Sou plenamente a favor da revitalização daquela área porém com um projeto com consequências ambietais menos agressivas. Por quê não aproveitar a proximidade com o Museu Iberê Camargo e construir outros prédios com destinação cultural? Não seria uma boa opção termos ali a casa da OSPA? Ou quem sabe um pólo gastronômico com diversos bares e restaurantes?

  87. Tiele diz:

    “TORRE DE MERDA”

    heuahusheushs. MORTE!

  88. Marcelo Amorim diz:

    “Ele se sentiu ofendido porque estávamos chamando-o de mercenário.”

    Do blog do Cristiano: “xingamos, insultamos e vaiamos muito os vereadores vendidos que aprovaram esse projeto”

    Oras, queriam o quê? Vocês mesmo foram lá pra xingar e insultar. Se o Haroldo fosse mais inteligente, poderia processá-los.

    Código Penal:
    Calúnia

    Art. 138 - Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime (por exemplo, dizer que os vereadores foram corrompidos por construtoras):

    Pena - detenção, de seis meses a dois anos, e multa.

    Difamação

    Art. 139 - Difamar alguém, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação:

    Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.

    huahuaahu

  89. Rodrigo Alvares diz:

    Marcelo: me passa o teu endereço. Quero te mandar um livro.

    Agora, só por curiosidade: como ficaria o trânsito na CURVA DO ESTALEIRO? Pelo o que lembro, precisaria de um túnel ou um viaduto para segurar o tranco.

  90. Hélio Sassen Paz diz:

    Pensei que o pessoal da NOVA CORJA fosse mais jornalístico e procurasse inteirar-se a respeito da lei. Também gostaria de saber se houve mesmo sinceridade e conhecimento de causa no apoio ao excelente PROF. FILIPE OLIVEIRA quando este foi candidato a vereador.

    É MENTIRA que a área foi jogada às traças pelo poder público ou que o dono não teria condições de mantê-lo. De acordo com as leis municipais, ele deveria ser mantido LIMPO, CERCADO e CALÇADO. Tem MULTA PESADA prevista nesse caso (ainda mais pelo tamanho e localização do terreno).

    Além disso, dos 7,2 milhões de reais pagos no leilão e que deveriam ter sido destinados à indenização dos antigos funcionários do Estaleiro Só, falta ainda destinar aos lesados pela empresa mais de um milhão a ser dividido entre todos.

    Com a ópera bufa protagonizada pela maioria do executivo municipal (que é bem mais demente do que o estadual e o federal) ontem, o Executivo (ou, seja, Fumaça) lavou as mãos, pois o projeto deveria ter sido PRIMEIRO apreciado por ele que, só aí, teria que passar para a Câmara.

    O secretário municipal de planejamento Ricardo Gothe (cujas principais qualidades são ser gremista e ter um excelente blog sobre futebol de botão) não explicou nada e notou-se a falta de um relatório técnico (e, olha: a prefeitura de POA tem técnicos qualificados concursados a dar com pau).

    A lei federal (das orlas, parcialmente citada aqui em outro comentário) sobrepõe-se a qualquer outra: não pode, não pode. Se querem mudá-la, tem que mudar lá no Congresso e não aqui.

    Haroldo de Souza, Brasinha e Nereu D’Ávila são parlamentares tecnicamente fracos, de vernáculo muito inferior ao do presidente Lula, ignorantes e vociferantes (sobretudo o primeiro). Eles refletem tão-somente o que é a população de Porto Alegre: ou omissa, ou oportunista. Sobretudo a classe mérdia.

    []’s,
    Hélio

  91. Marcelo Amorim diz:

    manda pro meu email

  92. Rodrigo Alvares diz:

    Hélio: esse perrengue rola há anos e não falta vontade para cobrir a demência. Só que exilado no Fumaquistão fica um pouquinho difícil de captar o contexto em um ponto de vista mais isento.

    Abs.

  93. Juca Brito diz:

    Cadê Monsieur Pedro Von Brito? Afobou-se com o Guíba?

    Qui??? Quoi??? Où???

    Prezada Van,

    Para você, que é de fora, aí está uma boa oportunidade para entender a mentalidade do porto-alegrense médio, sem precisar apelar a estereótipos tolos. Um escombro sujo e abandonado por décadas é arrematado por investidores interessados em (quem diria?) ganhar dinheiro. Eles apresentam um projeto que atende às suas expectativas, mas também incluem contra-partidas sob forma de áreas públicas e urbanização, devolvendo um trecho da orla à população depois de 158 anos de uso exclusivamente privado.

    Você viu bem as reações e os argumentos contrários a isso, mas não precisa guardá-los na memória para nos descrever daqui para a frente com boa precisão. Basta lembrar que o povinho daqui trata edifícios de 12 andares por “espigões”. Só isso já lhe dá uma medida suficiente da tacanhez que viceja por esses pagos.

    (Van de Vanilla, aposto!)

  94. Van diz:

    É justamente pelo fato de não se saber o q. pode ser construído ou não q. se precisa de um puta projeto de um puta arquiteto e um puta prefeito q. entenda a necessidade da população. Se não der pra construir prédios, se construam pistas para esportes. Tem um monte de idéias arquitetônicas que não são arranha-céus. Tem o exemplo da Holanda, entre tantos. Mesmo na Delfim Moreira ou na Vieira Souto, orla do Leblon e Ipanema os prédios não podem ultrapassar uma determinada altura e precisam guardar distância entre um e outro, por exemplo. O que não dá é só reclamar.

  95. dante diz:

    derrubem tudo e construam um puteiro.

    aí ninguém vai reclamar.

  96. Van diz:

    Em são Paulo, o parque Ibirapuera, foi totalmente planejado e construído. E é um alívio para toda a população, não importa se pobres ou ricos. Tem museus lá dentro, área pra exposição, modelo de casa japonesa, jardins de Burle Max, pistas, lagos, etc, etc. Tem concertos, shows de todo tipo. É super legal.

    O Aterro no Flamengo, RJ, tb. é uma área imensa e foi todo planejado e construído. E tb. é muito usado pela população além de ser um colírio.
    Cansei.

  97. Juca Brito diz:

    Não seja ingênua, minha cara.

    Você imagina que bons exemplos de fora possam convencer quem é contra? Deixo a resposta para Sua Excelência, o ilustre vereador Beto Moesch, flertando agora com os seus mais novos aliados:

    Quem não gosta de Porto Alegre do jeito que está, que vá a Dubai e more lá. Respeite a cidade. Quem não quiser que saia daqui. Nos deixe felizes com a nossa orla.

  98. Van diz:

    Hei, Juca só agora te vi. É que eu já teclei tanto q. fiquei cafusa, na verdade era assim: Bom Dia, Juca Brito, Espero que esta vá encontrá-lo em gozo de perfeita saúde. Não o tenho visto por estes “pagos”(seja lá o q. isso signifique).
    Gostaria de saber sua opinião sobre a discussão em questão ( agora já sei), pois acho-o muito ponderado e opinado. (Estou na realidade interessada, em investimentos imobiliários nessas terras, claro, mas não conte para ninguém). Sem mais para o momento,
    Sinceramente
    Vanilla Sky

    P.S. Foi elucidativa suas argumentações. Acrescentaram em muito minha apreciação sobre os gaudérios médios.

  99. trussell diz:

    Quero mais que coloque tudo abaixo, taque fogo, e faça o projeto mais melhor de bom do mundo sulista! Concordo com o projeto, só acho que não precisa ter 13 andares… Talvez tenham exagerado. Preferiria algo que não “pairasse” sobre o Instituto Iberê… Porra, quando a gente finalmente tem um prédio na cidade que não tem cara de Goldztein nem estilo “velho-clássico”, aparece alguma coisa pra enfeiar.

  100. Marcelo Amorim diz:

    Esses vermelhos tem que meter a luta de classes no meio de tudo. É sempre pobre X rico. Marx está morto e a história provou q ele estava completamente errado (o capitalismo acabou? os lucros sumiram com a substituição do trabalho pelo capital? mais valia? pffffff).

  101. Van diz:

    “Puerto Madero, exemplo de revitalização na zona portuária, é como ir de encontro a uma paisagem única do Rio da Prata com os antigos armazéns do cais totalmente restaurados…Um dos mais audaciosos e bem-sucedidos projetos de renovação urbanística do mundo. … grande concentração de restaurantes, bares, fábricas, hotéis, além de agitada vida noturna. Os 3 últimos armazéns são ocupados pela Universidade Católica o que proporciona uma alta circulação de jovens…” Se los hermanos portenhos conseguiram, como os colegas gaudérios não conseguirão? Juca, não tem jeito sou brasileira e não desisto nunca!

  102. Juca Brito diz:

    pago(3)
    substantivo masculino
    1 Uso: formal.
    pequena povoação; aldeia
    2 Regionalismo: Rio Grande do Sul.
    lugar de nascimento; cidade, município, região natal; rincão, querência (mais us. no pl.)

  103. Juca Brito diz:

    acho-o muito ponderado e opinado

    Simpatia sua, é claro. Ou eu devo estar fazendo algo errado, porque a minha única e imorredoura intenção aqui é divertir-me. Ou seja, “em gozo” sim!

    A propósito, se algum dia lhe parecer que eu estou opinando muito, argumentando ou tentando convencer outrem de qualquer coisa, peço-lhe que, por caridade, me bata com um taco de beisebol na cabeça com toda a força, sim?

    Vanilla Sky
    I knew it!

    Puerto Madero…

    Nãããããããããããããoooooooooooooo!
    Não toque nesse nome maldito, ou as almas torturadas do Pontal se recordarão do projeto do Cais do Porto, e aí nem mesmo o Cel. Mendes conseguirá impedir o quebra-quebra, as pilhagens e, por fim, a guerra civil neste canto da Província.

  104. Carmencita Freifrau von Fernsehglotzen diz:

    puta prefeito

    Hahaha!

    A propósito, comentários de traidores não são bem-vindos.

  105. Pablo Vilarnovo diz:

    “Gente que foi eleita prá pensar pelo povo e acha que, assim, o povo estará sendo beneficiado, decide por nós o melhor pro estaleiro, prá esquina da tua casa, da minha, enfim. ”

    Cruzes… eu sei que se conselho fosse bom seria vendido, mas… da próxima vez que votar, não fique achando que a pessoa em que está votando ira “pensar por você”.

    Eu não quero nenhum político pensando por mim. EU penso por mim. Políticos (qualquer um) tem interesses próprios. É como Ronald Reagan dizia: “Política é a segunda profissão mais antiga do mundo, muito semelhante à primeira, aliás.”

    Sobre a “Administração Popular”: Não é essa Administração Popular em âmbito federal que acabou de mudar uma lei para que duas empresas privdas possam se fundir tudo financiado atrás do BNDES e do BB, ou seja, dinheiro do contribuinte???

    Pelo menos os homi aí no Pampa tiraram os 7 milhões do bolso…

  106. Sílvio Freitas diz:

    Aos senhores Fróid e Alex, obrigado pelos conselhos, voces me devolveram a lucidez. Só me permitam ainda ter alguma dúvida, deixando de lado ideologias, fanfarrices, visões de modernidades etc… Morei ali, durante 6 anos, Av. padre Cacique 3026 portanto deve conhecer a área, e não acho que deve ficar abandonada como está, mas daí enfiar 4 prédios residenciais, 2 edificios comerciais, um com 195 conjuntos e o outro tipo flat com 90 unidades, lojas, restaurantes e cafés, tudo de uma vêz, pelo menos para mim é um pouco de mais. Quanto achar barato o 7 milhões e uns quebrados por uma área privilegiada de 60 mil metros quadrados, ora meu amigo, tu achas cara? A previsão de investimento é de 165 milhões, tu consegue imaginar a previsão de LUCROS? Quando nós moradores ficarmos parados no transito lá no viaduto da Marli, e a repercurssão de jogarmos em torno de 5 mil pessoas em um local que não tinha ninguém, então talvez fique claro para todos sobre o que estamos falando. E para encerrar, ser moderno, futurista, progressista é não comer na mão de ninguém, é ter lucidez para PROCURAR a verdade, e não repetir como um papagaio limitado, opiniões e dogmas de gente que não merece nenhum respeito.

  107. evandro diz:

    Sorry, Pablo
    Esqueci de mecionar que o botão “ironia on” estava ligado
    Óbvio que penso por mim, mas, infelizmente, tenho consciência que não posso agir, só por mim. Se eu comprar um aparelho de celular roubado não estarei “promovendo” a criminalidade?
    Não ousei falar em luta de classes, nem meu avô aguenta este assunto, mas será que não posso questionar a legitimidade de um processo que levanta tantas suspeitas?
    Além disso, posso, também, questionar se o projeto, ao ser aprovado, trouxe benefícios para a maioria da população? - Que, coincidentemente, é tão pobre quanto os habitantes da vilinha da guaíba, localizada entre o veleiros e o sava, em situação irregular, perante o poder público, porque não pôde-se, num passado longínqüo, construir habitações unifamiliares junto à orla. Posso?
    O que mais estranho nesta discussão toda é que a gente tá falando aqui, ali, lá e, sinceramente, que importa? Vão vender ou não vender, construir ou não construir, fazer ou não fazer e dane-se quem é contra. Se duvidar, danem-se, também, quem é a favor. Independente, nos dois casos, de quantos são.
    Como tu disseste, eles, os “que decidem”, pensarão neles. e aí?
    é assim, mesmo, que tu quer? cruzes, mesmo.

  108. Bruno diz:

    tudo o q esses caras do estaleiro querem eh ter oposição dos eco-chatos, q na real acaba jogando no time deles sem se dar conta. afinal de contas, a presença dos eco-chatos só polariza a discussão, sem acrescentar nada. se a oposição ao projeto continuar sustentando argumentos presevarcionistas (preservar o q? a fauna de baratas do local?), só vai aumentar a parcela de pessoas q pensam q é melhor construir um espigão do q deixar do jeito q tá. realmente não sei o q é pior: construir espigões e xópin móls numa área q poderia ser tão bacana se utilizada de outra forma ou então deixar do jeito q tá, com fedor, ratos, baratas, lixo… pq não urbanizar com quiosques, pequenas lojas, barzinhos, espaço para música ao vivo, centro cultural etc…? se as pessoas passassem a freqüentar mais a orla, haveria uma pressão maior pela despoluição do esgoto guaíba…
    pq as pessoas tem mania de polarizar tudo nesse maldito estado???

  109. Van diz:

    Essa matéria deu uma puta discussão; Rodrigo é um puta jornalista; Carmencita é uma puta mulher ( o q. quer dizer q. tu é uma vera donna); Juca Brito é um puta canalha ( o q. quer dizer q. ele é um puta canallha), ops, foi mal, aí Juca, tô de ressaca de tanto q. eu ri. Bjcas. VANVAN.

  110. Carmencita Freifrau von Fernsehglotzen diz:

    Óbvio, né, querida?!

  111. everton diz:

    Em Buenos Aires, embora tenha em Puerto Madero, grandes prédios, entre seus 5 diques, ainda tem um grande aterro 10 xs maior que a Redenção (mais de 300 hectares) somente de parque.
    Mesmo, assim rola um monte de denuncias de grande grau de corrupção no governo Menon que loteou essas grandes areas construidas pelo dinheiro público argentino por uma bagatela.

    Neste link tem fotos de Buenos Aires, que aparecem Puerto Madeiro e o grande parque ( aterrão), observem que existe um grande distanciamento do rio para a construção de prédios…

    http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=584143

  112. everton diz:

    Outra coisa, Buenos Aires, sofre um grande abafamento no verão, parecido com o de Porto Alegre.

    Grandes barreiras de concreto na beira do rio, somente pioram a ventilação através das correntes de ar que não chegam aos bairros ou a seu interior.

  113. Juca Brito diz:

    Juca Brito é um puta canalha

    Bom saber. Antigamente, se eu ouvisse um grito - Canalha! - na rua atrás de mim, continuaria andando tranqüilamente sem me virar (quem é mesmo o autor? alguém me ajude). Agora, não mais. Se acontecer, vou me virar rapidamente, com os braços abertos e um sorriso nos lábios e gritar de volta - Vanilla, sweetheart!!!

  114. Fróid diz:

    # everton diz:
    2:26, 14/11/08

    Outra coisa, Buenos Aires, sofre um grande abafamento no verão, parecido com o de Porto Alegre.

    Grandes barreiras de concreto na beira do rio, somente pioram a ventilação através das correntes de ar que não chegam aos bairros ou a seu interior.

    =========================

    Corrente de ar vinda do Guaíbão = cheiro de esgoto (e otras cositas más)

    Tô cada vez mais favorável a esse projeto…. ADfjkdfgha!!

  115. Diogo diz:

    Estudo eólico djá!

    Não faltava mais nada…

  116. Van diz:

    Juca, vc. gostou…. eu sei q. vc. gostou…. Poderíamos protagonizar tal cena lá no pontal do Guaíba, ás vesperas do Natal, nevando em POA, tipo a cena final do Diário de Bridge Jones, q, tal? Agora isso vai ser daqui há uns 5 anos quando o pontal tiver lojas de depto, bares onde se possa entrar e tomar um vinho do porto, OK? Combinado? Manteremos contacto. Agore Lute, mas, Lute com garra pelo projeto, não como um gaúcho médio mas como um verdadeiro canalha. Bjcas. Vanvan.

  117. Hein? diz:

    Cristiano Muniz,
    Do Código de Ética Parlamentar de Porto Alegre:
    “Art. 5º. Constituem faltas contra a ética parlamentar de todo Vereador no exercício de seu
    mandato:
    I - quanto às normas de conduta nas sessões de trabalho da Câmara:
    a) utilizar-se, em seus pronunciamentos, de palavras ou expressões incompatíveis com a
    dignidade do cargo;
    b) desacatar ou praticar ofensas físicas ou morais, bem como dirigir palavras injuriosas aos
    seus pares, aos membros da Mesa Diretora, do Plenário ou das Comissões, ou a qualquer
    cidadão ou grupos de cidadãos que assistam a sessões de trabalho da Câmara;”

    “Art. 12. Qualquer cidadão, pessoa jurídica ou parlamentar pode representar
    documentadamente perante o Presidente da Câmara Municipal, pelo descumprimento, por
    Vereador, de normas contidas neste Código de Ética.”

    Eu acho que tu devia denunciar ele. Eu denunciaria.

  118. Juca Brito diz:

    Ótima idéia, Van!

    Posso mesmo imaginar a cena, a neve caindo por entre os galhos desfolhados dos plátanos. Ao fundo, casais patinam despreocupadamente, de mãos dadas, sobre o leito congelado do Guaíba, iluminados apenas por uma réstia do majestoso pôr-do-sol, tão típico dessa época.

    Ok, só não vamos divulgar o dia exato, de acordo? Sabe como é essa gente rancorosa, nunca se sabe direito do que ela é capaz. E, afinal de contas, vinho do porto só pode ser provocação mesmo… :-)

  119. Van diz:

    Dearest Juca Brito,
    Foi muito difícil encontrá-lo nesses longes. Mas a dificuldade torna tudo muito mais interessante, não é mesmo? Fiquei intrigada com a história do Vinho do Porto…OK. Qual a bebida que o cavalheiro sugere?
    Aguardo ansiosa sua resposta lendo O Livro do Enólogo Cirrótico. Imperdível!

  120. A Nova Corja » Blog Archive » Esconder por quê? diz:

    […] pela averiguação de suspeitas de propina a vereadores para votarem favoravelmente ao projeto do Pontal do Estaleiro, o promotor de Defesa do Patrimônio Público, César Faccioli, decretou na manhã de ontem sigilo […]

Comente