Certo que não vai dar em nada

11:54 | 21/03/09 | Rodrigo Alvares

A fonte ilegal de Padilha (Isto É)

Investigação da Polícia Federal e do Ministério Público descobre depósito de R$ 267 mil de empreiteira na conta do deputado do PMDB e o denuncia ao STF sob acusação de tráfico de influência

Um inquérito que tramita sob segredo de Justiça no Supremo Tribunal Federal (STF) mostra o envolvimento do ex-ministro dos Transportes e deputado Eliseu Padilha (PMDB/RS) em crimes de tráfico de influência e fraudes em licitação.

A Polícia Federal chegou ao nome do deputado peemedebista a partir da Operação Solidária, no Rio Grande do Sul, em 2007, que apontou irregularidades em contratos da merenda escolar em municípios gaúchos e indícios de fraude de R$ 300 milhões em obras públicas.

padilha.jpg

Uma das empresas investigadas era a MAC Engenharia, do empresário Marco Antonio Camino, mencionado como operador do esquema fraudulento. A polícia descobriu vários telefonemas dele para Padilha, um dos parlamentares mais influentes no Congresso Nacional e no PMDB.

As escutas levaram à conclusão de que se tratava de tráfico de influência. ISTOÉ teve acesso aos relatórios da PF e a petições do Ministério Público Federal (MPF), que revelam um depósito de R$ 267 mil da MAC Engenharia na conta da empresa Fonte Consultoria Empresarial, cujos sócios são o deputado e sua esposa, Maria Eliane.

Numa das escutas transcritas no inquérito, Camino diz: “Aquele assunto que nós tratamos na terça-feira vai ser viabilizado 100, tá?”, Padilha tenta entender o que o empresário diz: “Não ouvi, cortou.” Camino repete: “Vai ser viabilizado 100.” Não se sabe exatamente sobre o que os dois falavam, já que as conversas eram sempre cifradas. Aliás, em quase todos os grampos os interlocutores agiam assim.

Ainda conforme a PF, com o uso de códigos nas licitações, os investigados direcionavam as obras importantes do Rio Grande do Sul para as empresas de interesse de Camino. Em outro diálogo, o empresário pede a Padilha que faça uma visita à MAC Engenharia. Camino demonstra interesse em conversar com o deputado do PMDB sobre licitações da Secretaria de Irrigação. Em nova conversa, Padilha faz referência a uma “boa notícia” que o empresário deu a ele.

O inquérito indicou elos entre a Operação Solidária e a Operação Rodin, que levantou desvios de R$ 44 milhões no Detran gaúcho. (…) De acordo com a polícia, quem repassou estas informações ao empresário foram os deputados Padilha e José Otavio Germano (PP-RS).

A PF relata que o grupo teria montado um esquema para desviar dinheiro de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O advogado Eduardo Ferrão, que defende Padilha, confirmou à ISTOÉ que o deputado efetivamente recebeu dinheiro de Camino.

Mas os depósitos de R$ 100 mil, do diálogo grampeado, teriam sido feitos para pagamento de uma casa que Padilha teria vendido ao empreiteiro. Ferrão, porém, não explica o uso da linguagem codificada para tratar de algo tão corriqueiro. Quanto aos R$ 267 mil que Padilha teria recebido da MAC Engenharia, o advogado diz que o MPF trocou o nome da empresa ao transcrever o relatório da Receita Federal.”

Tags: , , , , ,

Postado por Rodrigo Alvares, 11:54, 21/03/09, na(s) categoria(s) Gaúcho é melhor em tudo. Você pode acompanhar os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Deixe um comentário ou coloque um trackback em seu site.

37 comentários para “Certo que não vai dar em nada”

  1. lm diz:

    Vai Padilha, vai Fogaça, vai Simon! O Rio Grande é de vocês!

    abração

  2. Diogo diz:

    Coitado do nobre deputado Padilha.

    Esses Policiais Federias andam muito aloprados…

  3. EU diz:

    VAMOS INICIAR A CAMPANHA…

    “FALA PEDRO SIMON”

    A Nova Corja podia ser a pioneira!!!!

  4. lm diz:

    Fala Simon! (e alguém grava, ok?)

  5. EU diz:

    Já tá lá!!!!

    http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=85037857&refresh=1

    FALA PEDRO SIMON!!!!

  6. Armando Pinto diz:

    Atiram para todos os lados e não acertam nada. Assim é o NC e seus asseclas. Este é o último comentário que farei por aqui. E não pensem que voltarei com outro nome, pois não gosto de utilizar o anonimato para exprimir o que penso. Apesar de se prestar a brincadeiras e provocações, este é o meu nome verdadeiro, ARMANDO PINTO TRINDADE DE DEUS. Sinto não poder cumprir com minha nobre missão no NC de melhorar um pouco cada espaço que ocupo. O NC está fadado à mesmice e à mediocridade. Parece não ter jeito. ADEUS

  7. GBRL diz:

    Ná! Armando Pinto de Deus? Isso não é nome, é uma piada cósmica. Daria um dedo do Lula pra ver o batizado dessa criança.

  8. GBRL diz:

    Armando Pinto de Deus é um boquete celestial.

  9. Marcelo Amorim diz:

    A Isto É é do Daniel Dantas

  10. fofoqueiro diz:

    Puxa que azar! Mas me digam uma coisa, foi a Mac ou a Magna Engenharia que, por coincidência, fez a reforma de uma mansão?

  11. sven diz:

    Arma o pinto de deus?
    Então ele é o espírito santo.

  12. Fábio Carvalho diz:

    Foi a Magna Engenharia que fez a reforma da casa. A empresa é mencionada numa das nove denúncias feitas pelo PSOL. Haveria, inclusive, vídeo de Lair Ferst tratando detalhes da reforma. A Magna Engenharia é doadora da campanha de Yeda Crusius, segundo consta na declaração entregue à Justiça Eleitoral.

  13. Lula Lelé diz:

    Só tem um problema, a MAgna não é construtora, pode ter pago a reforma.
    Ela doou bastante para a campanha da Yeda e tem contratos gordos no DAER e na CORSAN.
    Como revelou o Busato na sua conversa com o vice, elas financiam as campanhas a muito tempo.
    Fianciaram a campanha de Manuela e do poeta nas ultimas eleições.
    VOTE NULO.

  14. van diz:

    Armando Pinto Trindade De Deus, deixe de comédias, o assunto é sério!
    Construtoras e obras públicas, como direi, nasceram um para o outro.

  15. fds diz:

    O post está incompleto. Faltou apontar a clara responsabilidade do PT no caso, especialmente nos 16 anos que governou Porto Alegre. Arrumem aí.

  16. Ugabuga diz:

    Fala Simon.

  17. cusco cuspido diz:

    Continuam os CCs defendendo esses políticos FDP que não param sequer um dia de cometer esse genocidio contra a população séria deste país. Olha esse “fds”, provável viúva do Brito ou do Rigotto. E aquele tal “pinto”… Caiam na real. Seja PT com os Delúbios, essa terrorista recalcada que agora quer ser presidente, a tal Dilma, seja Paulo Maluf, seja Simon, seja Z O, seja quem for. É tudo igual… Vai sair essa Yodiota que está ai e vai vir outro(a) da mesma laia com a mesma conversa mole e para fazer a mesma coisa…Se aproveitar do Estado. Enquanto isso, promotores, desembargadores e juízes fazem apenas lobby pelos interesses próprios. Sendo atendidos, a casa não cai nunca. Se não atendidos, ameaçam colocando o “bode na sala”. Depois, tudo volta ao “normal”, ou seja, repartem cargos e altos salários em troca de deixar a Corja agir… Para esse trem que eu quero descer… Não dá mais.

  18. EU diz:

    PARA “cusco cuspido”

    E VC, TÁ FAZENDO O QUE DE CONCRETO PRA MUDAR TUDO ISSO?

    Provavelmente tá sentado com sua bunda gorda, numa confortável cadeira na casa da mamãe, desabafando em blog’s inúteis…

  19. Marcelo Amorim diz:

    http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Pol%EDtica&newsID=a2449068.xml

  20. adso diz:

    milagre que não aparece 90% vão votar nulo.
    jgflskgds

  21. Nome diz:

    Por que nas denuncias estas folhas sempre estao rasgadas? Sao achadas na cesta de lixo?

    FALA RESERVA MORAL DA NACAO !!!

  22. Cachorrão diz:

    Vai que é tuuuuuuuuuua Simon!!!

  23. Job diz:

    - Fala Liderança! - Fala Padilha! - Fala Simon!

  24. cusco cuspido diz:

    Para “EU”… Não to na casa da mamãe não. To trabalhando de segunda a sexta e estudando a noite para pagar o aluguel de meu quarto e o meu alimento…Diferente talvez de outros que defendem essa corja porque tem interesse em alguma “boquinha”… Reclamo sim. E uso este “blog inutil” que voce cita, por ser ele um dos poucos lugares onde a realidade da vida política deste estado e país aparece. Vou fazer o que para reclamar? Ligar para o Mauro Renner? Ou para a OAB? Ou quem sabe para algum político? Me poupe né…

  25. EU diz:

    Meu grande novo amigo acomodado cusco cuspido:

    Reclamar é muito fácil.
    Díficil é ter atitude, como participar da política por exemplo.
    Se tu fosse político, seria contaminado? Ou manteria a pureza?
    Resumindo: tu concordou com o meu comentário. NÃO TÁ FAZENDO NADA PARA MELHORAR. Tá só sentado, na casa da mamãe ou próximo a casa dela, reclamando, reclamando, reclamando, reclamando,…

    PS: E se te ofereceçam uma “boquinha” das boas…tu aceitaria?
    Novamente. Falar é fácil…muito fácil.

  26. adso diz:

    puta
    que gente chata.
    deixem as pessoas se sentirem indignadas. P-O-R–F-A-V-O-R

  27. Ki-Xute diz:

    Gente acorda: nos tempos de LLuLLa imperador, 267 mil é dinheiro de pinga…..

  28. Fróid diz:

    # adso diz:
    23:45, 22/03/09

    puta
    que gente chata.
    deixem as pessoas se sentirem indignadas. P-O-R–F-A-V-O-R

    =============================================

    Pois é, tem umas figuras que se sentem mais incomodadas em ver contribuintes indignados do que em ver seu dinheiro sendo “chafurdado”….

    Além do mais, indignação é um direito de todos. Por outro lado, quem realmente tem a obrigação de “fazer alguma coisa” são as autoridades a quem remuneramos (e bem). Mas aí, se cumprem ou não os seus deveres já dará motivo pra mais indignação….

  29. Luis Fernando diz:

    Uma boa noticia:
    De Frederico Vasconcelos:

    O Ministério Público Federal e os advogados de Marcos Valério Fernandes de Souza negociam um acordo de delação premiada que pode beneficiar o principal personagem do mensalão e, ao mesmo tempo, trazer à tona novos documentos e provas sobre os negócios do empresário mineiro.

    Os entendimentos são mantidos sob rigoroso sigilo. A Folha recebeu, em meados de fevereiro, as primeiras informações sobre as tratativas para o acordo. Nos últimos dias, surgiram sinais de que a proposta estaria em fase final de elaboração. As partes não confirmam a existência das consultas e deverão negar formalmente as conversas nesse sentido.

    “Não temos nada a declarar sobre o assunto”, afirmou o advogado Marcelo Leonardo, em seu nome e de seu cliente Marcos Valério.

    A Procuradoria Geral da República, em Brasília, limita-se a informar que não há nenhuma providência a respeito no STF (Supremo Tribunal Federal) e que o acompanhamento do caso cabe ao Ministério Público Federal em Minas Gerais.

    A hipótese de Valério acrescentar informações relevantes sobre seus negócios deve preocupar petistas e tucanos. O publicitário foi figura central no esquema de pagamentos a deputados do PT e de partidos da base aliada do governo Lula. É acusado, também, de ter sido o mentor de práticas semelhantes ainda em 1998, na campanha eleitoral que tentou reeleger o então governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo (PSDB). Assinante do jornal leia mais em: Valério negocia delação premiada no mensalão

  30. orson diz:

    Este rapaz, o José Otávio Germano, sempre coerente. Metido nesta, também. Isto já tá virando patologia.

  31. Lúcifer "O que leva o Archote" diz:

    Para mim que moro em lugar quente e sequer tenho progenitora e faz pouco que estou por aqui, me esclareçam. Esse garboso deputado Padilha, juntamente com o não menos garboso Otávio Germano, começaram ontem na política? Aqui não é a terra do povo mais politizado do Brasil? Roubar merenda escolar de criança pobre e esfomeada, não é lindo? Aposto que ambos se reelegem pelo belo trabalho feito até agora.

  32. Max Colorati diz:

    O que é a parte escura do papel, a parte que estava na m… ?

  33. adamastor diz:

    Engraçado que a polícia política do Tarso só encontra falcatrua nos outros partidos. O mesnalão, por exemplo, ninguém - nem Protógenses - descobriu nada.

  34. Boçal diz:

    MPF trocou “conhaque de alcatrão” por “catraca de canhão”?

  35. esperançoso diz:

    adamastor, deixa a stazi pegar os que estão na mira. Depois, a vez dos outros falcatruas chegará.

  36. La Carmencita diz:

    stazi = Stasi + Nazi?

  37. Ariela diz:

    Não entendo por quê estas antas ainda usam telefone.

Comente