Prevejo ringtones do Guardião

15:30 | 23/03/09 | Rodrigo Alvares

O desgoverno bovino declarou vai abrir uma sindicância para apurar o caso das gravações que foram ao ar hoje pela Rádio Gaúcha. A decisão foi tomada após reunião entre a governadora e os secretários. Curiosamente, a solicitação foi proposta pelo próprio chefe de gabinete, Ricardo Lied.

O chefe de gabinete deveria estar preocupado com outras coisas. Te joga nesse link do blog do André Machado com os oito áudios - quatro deles têm o chefe de gabinete ao telefone.

Disseram que apenas o último - com a prefeita reeleita - corre em segredo de justiça contra Klaus, mas pelo nível das conversas, elas deviam é ser trancafiadas em algum lugar e enterradas - a menos que alguém me explique por que um chefe de gabinete do Piratini faça as vontades de um vereador de Lajeado que foi cassado por compra de votos.

Abaixo, a transcrição de algumas das gravações:

Áudio 1 - 08.09.2008 - 22:01
Conversam Márcio Klaus e Ricardo Lied

Márcio Klaus - Alô, boa noite. O ministro (voz completamente embaçada) chegou a te ligar hoje ou tu ligou pra ele?

Ricardo Lied - Não, não. Hoje eu não tive tempo. Entrei com reunião até agora, ainda estou aqui trabalhando.

Márcio Klaus - É? E não te deram (inaudível) lá?

Ricardo Lied - Nao, o cara me deu um tempo, até o dia 15 ele disse que ia deixar pronto. Eu não vou incomodar o cara até o dia 15. No dia 15 eu vou cobrar dele a perícia.

Márcio Klaus - Então, tá.

Ricardo Lied - E o teu pessoal lá foi fazer o Boletim de ocorrência lá?

Márcio Klaus - Lembrei hoje.

Ricardo Lied - Ah, então tem que fazer, senão eu vou ficar ruim aqui. Porque eu cobrei do cara e disse que ia mandar, né?

Márcio Klaus - Vou mandar fazer amanhã.

Ricardo Lied - É, deixa os caras fazerem daí. Mas isso eu vou cobrar dele na sexta-feira.

Áudio 5 - 11.09.2008 - 10:39
Conversam Márcio Klaus e Ricardo Lied

Ricardo Lied - Alô.

Márcio Klaus - Alô, Ricardo. Bom dia. Ó, como é que tá para hoje à noite?

Ricardo Lied - Tô (inaudível). Daqui a pouquinho, eu…

Márcio Klaus - É, de repente manda o secretário aí. Se o (inaudível) quiser vir aí…Porque vão ter uns 70, 80 empresários, né?

Ricardo Lied - Tá.

Márcio Klaus - Outra coisa: como é que tá aquela questão da delegacia?

Ricardo Lied - Vamos fazer. Ela estava viajando, voltou hoje de tarde.

Márcio Klaus - Voltou de tarde?

Ricardo Lied - É. Vamos fazer.

Márcio Klaus - De noite, eu vou fechar então pra amanhã. Ah, o Ademir também vai vir. Traz o nosso diretor junto. Não sei se ele vai com o Ademir ou contigo.

Ricardo Lied - Não, ele vai vir. Já me ligou.

Márcio Klaus - Então, tá bom.

Áudio 6 - 15.09.08 - 10:57
Conversam Márcio Klaus e Ricardo Lied

Márcio Klaus - Alô?

Ricardo Lied - Oi?

Márcio Klaus - Hein?

Ricardo Lied - Eu.

Márcio Klaus - Ô Ricardo, tá ficando meio maluca já.

Ricardo Lied - Hum, normal.

Márcio Klaus - Tu recebeu aquela, até esqueci, aquela questão do delegado original aí, ele já te passou?

Ricardo Lied - Não.

Márcio Klaus - É, ele tentou passar na Câmara e não conseguiu. Tentou na Casa e não conseguiu.

Ricardo Lied - É, não passou.

Márcio Klaus - Mas eu tenho aqui a gravação, aí eu te dou, então.

Ricardo Lied - Hum.

Márcio Klaus - E fiz também o registro dos dois lá, também.

Ricardo Lied - Já te deram? Pegaram cópia?

Márcio Klaus - Acho que sim. Vamos ver.

Ricardo Lied - Isso aí tu coloca num envelope e manda um quadro da prefeitura entregar aqui.

Márcio Klaus - Tá.

Áudio 7 - 16.09.08 - 21:14
Conversam Márcio Klaus e Ricardo Lied

Ricardo Lied - Alô.

Márcio Klaus - E aí, tchê, tudo bem?

Ricardo Lied - Tudo.

Márcio Klaus - Falei com a ala gay do partido. Fiz cópia.

Ricardo Lied - Hã.

Márcio Klaus - Ô Ricardo, aquela questão tu ficou devendo, aquele negócio lá do PT.

Ricardo Lied - O quê?

Márcio Klaus - O negócio do DAER e a ficha do Luis Fernando

Ricardo Lied - Não tem nada o Luis Fernando [Schmidt]. Não tem nada na ficha dele; nada, nada, nada; eu tenho comigo, não tem nada; ele só tem uma perda de documento. Nunca teve nada na ficha.

Márcio Klaus - E o negócio do DAER?

Ricardo Lied - O negócio do DAER eu não passei porque quem mais fez investimento foi o PT. O PT pagou 6 milhões, a Yeda tá pagando 400 mil e ainda tem que pagar 1,6 milhão atrasados. Quem mais teve investimento foi o PT. Eu expliquei isso pro, pro, na noite em que tu tava lá, eu expliquei pro Evandro. É melhor não distribuir o documento. É gol contra.

Márcio Klaus - Era pra vir uma gravação da Yeda, também.

Ricardo Lied - Não sei, pra mim não falou nada sobre isso aí.

Áudio 8 - 19.09.08 - 10:00
Conversam Márcio Klaus e Carmen Regina Cardoso, prefeita de Lajeado

lajeado.jpg

Update 16h55: o governo vai abrir sindicância apurar as denúncias do ex-ouvidor e da imprensa. Eu me contento se o chefe da Casa Civil, Ricardo Lied, contar quem é a mulher mencionada no áudio 5, do dia 11 de setembro de 2008: “Ela estava viajando, voltou hoje de tarde.”

Só para constar: Yeda Crusius passou o dia anterior em Brasília, onde participou de reuniões com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo (PT/PR), e com o presidente do STF, Gilmar Mendes.

Tags: , , , ,

Postado por Rodrigo Alvares, 15:30, 23/03/09, na(s) categoria(s) Desgovernada Yeda. Você pode acompanhar os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Deixe um comentário ou coloque um trackback em seu site.

39 comentários para “Prevejo ringtones do Guardião”

  1. Tiele diz:

    Se eu ainda acreditasse,

  2. João Carlos Cembranel diz:

    E o que é que tem nessas gravações de escabroso?
    Ao que me parece, até prova em contrário (falando em provas, CADÊ AS PROVAS PSOLLLL????), estas gravações tratam do dia-a-dia da política.
    Política é e.x.a.t.a.m.e.n.t.e. isso aí que está nas gravações, nem mais, nem menos. E não tem nada de ilícito, até o momento.
    Por outro lado, já que o post fez uma chamada para o vereador que foi cassado, é bom saber, e o POVO (=eu) quer saber, como anda a situação do DELÚBIO SOARES, e aí, o PT vai aceitar ele devolta?
    9 contra 1 que vai, se não for, o PSOL com certeza é uma opção para o camarada Delúbio.
    Né?
    ;)

  3. Max Colorati diz:

    BOIA NA POLENTA!!!!!!! Isoladamente isso aí é NADA!!!!

    Cadê o CONTEXTO. O Q é o Q, afinal?

  4. João Carlos diz:

    Não consigo imaginar quem seja a pessoa que tá ficando meio maluca, e faz o chefe de gabinete responder: “Hum, normal.”

    ahahahaha

  5. Rodrigo Alvares diz:

    Max, no link da matéria da ZH:

    “Em quatro das escutas ele conversa com o chefe de Gabinete da governadora Yeda Crusius, Ricardo Lied. Nos diálogos aparecem informações sobre brigadianos que estariam monitorando aliados de Klaus, orientações sobre como denunciá-los à Corregedoria de Polícia e tráfico de influência para derrubar a cúpula das polícias na região.

    Conselheiros da OAB e membros do Ministério Público que tiveram acesso às escutas feitas pelo sistema Guardião – da Secretaria da Segurança Pública –, com autorização judicial, identificam tentativa de tráfico de influência e uso indevido de informações sigilosas, como a ficha criminal de um candidato a prefeito de oposição no Vale do Taquari.”

  6. Celso Roth diz:

    Lamentável… a vitória estava garantida, mas a desgovernada fez outro gol contra…

  7. Carmencita de la Manzana de las Luces diz:

    Acho interessante ninguém ter criado até agora um curso preparatório para gravações secretas.

    Português para escutas – dicção e desinências

    Descontos especiais!

  8. dante diz:

    acho interessante também alguém fechar alguma tag.

    no mais, NADA DARÁ EM NADA.

    aguardem e me cobrem.

  9. Ariela diz:

    Sabe, me cheira que a ZH começou a tirar o corpo fora.
    Melhor se afastar, tá ficando difícil manter a sobriedade diante de cada esqueleto que cai em cima do colo da Yoda.

  10. Carmencita de la Manzana de las Luces diz:

    Não é tag, Dã. É sugestão de título/nome.

  11. Ariela diz:

    O que realmente quer dizer isto:
    Falei com a ala gay do partido.

    Proce$$ar esta gente gnorante por homofobia urg.

  12. Carmencita de la Manzana de las Luces diz:

    Mas se você quiser chamar de tagline, fique à vontade.

  13. Max Colorati diz:

    Ah. bom SEU ALVAREZ, agora explicou tudo!!!!

    Agora sim JORNALISMO INDEPENDENTE!!!!!!

    Porque nem só de BANNER e PLANTAÇÃO DE NOTÍCIA vivem os jornalistas!!!!

    MEUS CUMPRIMENTOS.

    LVNC!!!! (Longa Vida à Nova Corja)

    Max….

  14. Diogo diz:

    Bah, Cembranel, até o Lasier Martins admitiu configurar grave tráfico de influência, ao vivo, no Jornal do Almoço.

    Para de defender o indefensável.

    Tá, grande coisa o Lasier Martins: mas o cara não deixa de ser um ícone à direita do PSOL e PT. [Estaria ele mancomunado com o Feijó, a direita golpista?]

    Não viu nada demais nas gravações?

    Ok. OK.

    Eu também já me acostumei com os assaltos, os constantes roubos de carro, o caixa dois dos políticos: não é nada demais, NORMAL, NORMALÍSSIMO.

  15. Rodrigo Alvares diz:

    Max: me passa o teu endereço. Quero te mandar um livro.

  16. Marcelo Amorim diz:

    A ZH tira o corpo fora de muitas coisas. Uma delas é o caso de Estância Velha, envolvendo a cúpula do PT na cidade num atentado contra um jornalista que fazia oposição à administração municipal. A outra é o caso Bohn Gass/Pont e o processo movido por aquele ex-funcionário, o Salazar. Uma das testemunhas do caso foi encontrada morta em Alvorada.

    http://www.videversus.com.br/index.asp?SECAO=89&SUBSECAO=0&EDITORIA=13954

    Desse silêncio da ZH ninguém reclama. Não dá pra entender…

    Se a ZH quisesse tirar o corpo fora, simplesmente nem noticiava o caso, e muito menos divulgaria as 8 gravações, como o fez no blog do André. Não entendo essa crítica seletiva e parcial.

  17. Marcelo Amorim diz:

    Sobre Estância Velha, o número do processo é 095/2.09.0000179-3 e pode ser consultado no site do TJ. Antes que digam que eu inventei a história por ser tucano reacionário de extrema direita sionista.

  18. Diogo diz:

    O problema, Marcelo, não é só tirar o corpo fora.

    Para quem não mora em Estância Velha, realmente o assunto é desconhecido, até porque o governo Yeda envolve beeeem mais pessoas.

    E, guinnesbook total, o executivo está sendo pródigo em retirar um esqueleto do armário a cada semana, e a MAIORIA sai por conta dos proprios integranes.

    Pegue o Ênio Bacci e faça uma linha do tempo.

  19. Ariela diz:

    Marcelo, quando me referi a começar a tirar o “corpo fora”, quis dizer que a linha editorial passou finalmente a se separar do governo e a divulgar coisas sem tantos “dedos” ou como se sussurrasse. Porque além dos anúncios existe uma amizade pessoal em questão, e entende-se então por que os veículos dos Sirotsky têm tanto cuidado. Mas como o governo tá sem desodorante e está cheirando cada vez pior, talvez tenha-se decidido por um pouco de distância e veicular direito as coisas. Se você ler alguns comentários na página da Rosane, verá que há muita crítica à postura de ZH. Talvez esteja-se levando-os em conta.

  20. Marcelo Amorim diz:

    Ariela

    Ok, eu tinha entendido “tirar o corpo fora” no sentido de deixar a história de lado.
    Pra acabar com o poder estatal sobre os jornais, através de verbas publicitárias, é só começar a privatizar todas as estatais e limitar a publicidade a casos de interesse público (como campanhas de saúde, etc…) . Mas tem gente por aí que não pode nem ouvir falar em privatização.

    Diogo

    Claro, o leitor de ZH se interessa muito mais pelo que passa no Estado do que pelo que passa numa cidade da qual talvez ele nunca tenha ouvido falar. O que o jornal quer é vender, e pra isso é necessário colocar reportagens que interessem ao leitor. Mas se ZH perseguisse tanto o PT, como alguns alegam, os jornalistas poderiam muito bem explorar mais (ou simplesmente explorar) a história de Estância Velha e a morte de uma testemunha-chave do caso Bohn Gass/Pont (assassinato comum ou crime político?) - e de quebra, serviria para abafar os escândalos (ou supostos crimes) do governo estadual.

  21. Carmencita de la Manzana de las Luces diz:

    “Estância” e “Velha” têm tudo a ver com as tradições do RS. Tem que explorar.

  22. Fábio Carvalho diz:

    O Jornal Nacional noticiou hoje (23) o vazamento de informações sigilosas pelo chefe de gabinete da governadora Yeda Crusius, Ricardo Lied.

    No trecho de um telefonema veiculado pelo JN, Lied diz não haver “nada na ficha” de Luiz Fernando Schmidt (PT), à época candidato à Prefeitura de Lajeado. O interlocutor de Lied é seu primo, Márcio Klaus (PSDB), que era vereador quando o grampo, com autorização judicial, foi feito.

    Lied teria repassado a Klaus dados do sistema de informações criminais da Secretaria de Segurança Pública. O chefe de gabinete da governadora não teria permissão para acessar tal sistema. Ricardo Lied não foi localizado para comentar sua participação.

    Da parte do governo, o chefe da Casa Civil, José Alberto Wenzel (PSDB), informou a abertura de sindicância para apurar o ocorrido. Ele disse ainda que “não condenamos ninguém sem que haja provas contundentes, muito fortes”. Também defendeu a necessidade de se ouvir a defesa das partes envolvidas.

    Autor da denúncia há cerca de dez dias, logo após ter sido exonerado do cargo, o ex-ouvidor da Segurança Pública, Adão Paiani (PSDB), disse que um sistema de informações criminais não pode ser utilizado da forma como ficou evidenciado no caso. “Quer dizer que qualquer um pode ter acesso, então?”.

    P.S.: Klaus foi cassado pela Justiça Eleitoral. O promotor de Lajeado, Pedro Rui Porto, não viu nada de estranho na conversa a comprometer o chefe de gabinete da governadora.

  23. Fumaça diz:

    Será que não é escabroso uma pessoa de confiança da governadora passar informações sigilosas [dados da polícia sobre um cidadão] a seu primo sobre um adversário deste, com o intuito de colocar o p* no c* do distinto?

    Se pode isso com um capa preta do PT, pode também vender dados sobre a Louca. Arapongas, é momento de um chamado à razão. Exerçam a sua cidadania. Vendam as gravações por um precinho camarada. Ajudem a derrubá-la. É so o tempo de a RBS achar um candidato para 2010 e ela cairá.

    Abra$$o.

  24. Fumaça diz:

    É claro que todo mundo sabe de que gravações estamos falando, não é mesmo? Aquelas ‘by Lair’. Não sinto tanta tesão numa expectativa desde… Nem sei.

    Só sei que tenho certeza que veremos as fitas e a Puta não vai nem ser impichada, vai renunciar e fugir para a terra dela, morando para sempre com o Kassab que vai odiar mais ainda as mulheres.

    Não se iludam atucanados. As fitas aparecerão.

    Bj$$$$$$.

  25. Jorge Loeffler diz:

    Fncionário do governo do estado mandar bisbilhotar a ficha policial de um candidato adversário é inadmissível. O mais grave é que o MP vem usando servidores do estado, agentes da autoride policial, da polícia ostensiva, desviando-os do serviço de policiamento ostensivo para realizar investigação, atribuição da Polícia Judiciária. E o pior de tudo é que são de tamanha incompetência que foram percebidos. O velho ditado aqui se aplica com uma luva: ovelha não é prá mato.
    Esse pilantrada Casa Civil vai continuar lá dando as cartas e jogando de mão, pois essa desgovernadoraestá mais perdida que cusco em dia de procissão. Que governibho lamentável. Aguardamos aquiemcasa comansiedade o diaprimeiro de janeiro de 2011.Barbicha desistiu da paulistana e fico procurando saber quem é o sucessor do mesmo. Acho uejá sei, mas como em direito a prova é fundamental, me recuso a dizer. Uma dica. Alguém no Piratini gosta muito de jatos luxuosos. Quem será?

  26. Diogo diz:

    Bah, Fumaça, pegou pesado, hein?

    Puta la madre.

    ________________

    Entendi seu ponto de vista, Marcelo, mas, por outro lado, imaginemos o que seria veiculado na RBS se o governo atual fosse outro, mais bigodudo, digamos assim. Bah!

    Tudo bem que um governo que começou com a baderna que foi o Palácio Piratini, na posse do Olívio, com alguns abobados estendendo até a bandeira de Cuba na sacada, não precisa de muito para ser achincalhado.

    Aliás, não existe nada mais simbólico do que foram os governos Olívio e Yeda, que suas apariçõs na sacada no dia da posse. A da Yeda teve até bandeira do RS de cabeça para baixo.

    Piada pronta.

  27. EU diz:

    Continuo com a minha solitária campanha….

    FALA PEDRO SIMON….

    Pora. O cara é senador a sei lá quanto tempo e nunca abre a boca pra comentar nada dos escândalos de seus pupilos ou dos governos que ajudou a eleger. Sem contar que não faz nada no senado.

    Portanto…

    FALA PEDRO SIMON…

    Tem até comunidade no orkut, gente!

  28. EU diz:

    FALA PEDRO SIMON….

    http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=85037857

    Acho que vocês estão com medo do velhinho….

  29. lm diz:

    Grita Simon!

  30. Rodrigo Alvares diz:

    Fumaça: “Só sei que tenho certeza que veremos as fitas e a Puta não vai nem ser impichada, vai renunciar e fugir para a terra dela, morando para sempre com o Kassab que vai odiar mais ainda as mulheres.”

    Heeey, vamos tentar manter um nível sofisticado por aqui. Na boa.

  31. Eu diz:

    Porque o blog não encampa a campanha FALA PEDRO SIMON?

    Também estão com medo do velhinho?

  32. Observador diz:

    Em tempo: na matéria da NC consta que Ricardo Lied é chefe da Casa Civil. Correção: o chefe da Casa Civil se chama Carlos Alberto Wenzel, e não o anterior. Lied é chefe de Gabinete da (des)governadora.

  33. marlon diz:

    Cembranel emulando Sexy Hot: “a politica tem dessas coisas”.

    ****

    ala gay do partido. so o que faltava: depois do TucanUFRGS, o PSDBGay.

    ****

    “a veia ta loca”.

    “ah, normal, veio”.

  34. Cesar diz:

    E o Ministério Público Estadual, não percebeu essas irregularidades ????? Ou é omissão e ou prevaricação!!!! é impossível que com todos esses indícios de crime (tráfico de influência, crime contra a administração pública …) o MPE não intensificasse as investigações?????
    Esta na hora de averiguar até que ponto este órgão que deveria servir a população, está comprometido com interesses escusos!!!!

  35. Cesar diz:

    ….. Ricardo Lied - Isso aí tu coloca num envelope e manda um quadro da prefeitura entregar aqui.

    CRIME, CRIME, CRIME ….. e agora senhores promotores, caiu a máscara!!!!

  36. Cesar diz:

    Fala senador da república: Pedro Simon, o que tu tens a dizer?????????????????????????????????????????????
    FALA SIMON, FALA MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL…………………………………………………………………………………………

  37. madi diz:

    MP estadual, cara pálida? Os moçoilos, tendo `a frente o tal engavetador-geral, cujo nome se lê igual de um lado ou de outro, está devidamente alugado pela mafiosa velhota. Dali não sairá qualquer medida decente, saneadora.Tá tudo recebendo por fora…

  38. O primeiro pensamento « Cabeça na Nuvem diz:

    […] cabeça está na nuvem, não está vazia – e eu ainda lembro que a história, na verdade, foi assim: Márcio Klaus - Ô Ricardo, aquela questão tu ficou devendo, aquele negócio lá do […]

  39. paulo cezar azzolini diz:

    isso é coisa de gente q naum tem oq fazer

Comente