Dose diária de demência - 23/04/2009

13:19 | 22/04/09 | Rodrigo Alvares

Temer admite estudo para elevar salários de deputados (Folha)

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), admitiu nesta quarta-feira que técnicos da Casa estudam o aumento de salário dos deputados. O reajuste elevaria os vencimentos de R$ 16,5 mil para R$ 24,5 mil e estaria condicionado à criação de uma cota única que incluiria todos os benefícios e auxílios recebidos pelos parlamentares e a votação de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que impedisse o chamado efeito cascata –desvinculando os salários dos deputados federais dos legislativos estaduais e municipais.

Temer desconversou sobre as alternativas analisadas, mas reconheceu que uma das medidas seria a exclusão da verba indenizatória, benefício mensal de R$ 15 mil para cobrir gastos dos parlamentares referentes ao mandato. (…)

Atualmente, os 513 parlamentares têm direito a R$ 16,5 mil de salário, além de verba de gabinete de aproximadamente R$ 60 mil, mais verba indenizatória no valor de R$ 15 mil, cota postal de R$ 4.200 e auxílio-moradia de R$ 3.000.

Os deputados também podem requerer a liberação da cota de passagens áreas –que, dependendo do Estado do parlamentar, varia de R$ 4.700 a R$ 18.700– e reembolso com gasto telefônico de até R$ 5.000. Já o limite de gastos com impressões em gráficas é R$ 6.000 –sendo o valor máximo por ano.”

Tags: , , , ,

Postado por Rodrigo Alvares, 13:19, 22/04/09, na(s) categoria(s) Dose diária de demência. Você pode acompanhar os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Deixe um comentário ou coloque um trackback em seu site.

9 comentários para “Dose diária de demência - 23/04/2009”

  1. Max Colorati diz:

    Bah. essa agricultura baseada no plantio direto de notícias tá de não se aguentar mais. Ora, ora, ora, fica-se falando em abusos para justificar um abuso ainda maior. Criatividade brasileira, meglior do mundio!!!!

  2. Helio diz:

    Estou de acordo com o Temer. Tem que aumentar os subsídios dos parlamentares para compensar essa redução de recursos pelo eventual corte das cotas de bilhestes aéreos. Tem que aumentar, no mínimo, em 15 mil reais. Aí pára essa frescura de criticar viagens de parlamentares e seus familiares em missões turísticas. Iso é coisa de eleitor mané, de uma minoria, pois a grande maioria não dá a mínima pra isso, e continua reconduzindo esses deputados e senadores ao Congresso Nacional. Para homenagear essa maioria de eleitores, eu gostaria que os parlamentares ganhassem um aumento de 50 mil reais.

  3. eu diz:

    @Helio, acho que eles com 50mil vão morrer de fome, precisar ir no bandejão almoçar.
    Dá logo 100mil pra esses pobrezinhos.

  4. Cesar diz:

    E ninguém fala naroubalheira nos Municípios pelos políticos corruptos que engalfinhan nosso dinheiro. Exemplo é ITAQUI-RS, com 70 milhões d ereais por ano, e serviços públlicos medíocres , e, acontece que agentes públicos triplicaram seus patrimônios nos últimos quatro anos, é só investigar (secretaria de obras). Quem investiga???, quem fala???, é muito dinheiro jogado no ralo da roubalheira e ninguém diz nada.

  5. eu diz:

    @Cesar: isso não é roubo. Eles nunca fazem isso. E sabe que teve churrasquinho e nem nos convidaram:
    http://blogdovinicius.folha.blog.uol.com.br/arch2009-03-15_2009-03-21.html#2009_03-17_17_45_39-133507641-0

  6. Arthurius Maximus diz:

    Eles jamais perderiam uma opotunidade.

  7. Fiori diz:

    Tira-se de um lado e se coloca o TRIPLO de outro. É a lei da compensação dos nossos “gestores”.

  8. Paulo diz:

    Deveriam tranformar em vencimento pro nobre$ deputado$ e tributar tudo. Vão ga$tar, que $e incorpore ao $ub$ídio.

  9. Rafael Lima diz:

    Berlusconi escolhe várias gostosas para candidatas ao Parlamento italiano por seu partido. Imperdível, procurem.

Comente