É muita semiótica em favor dos trabalhadores

20:29 | 01/05/09 | Rodrigo Alvares

Foto: AE
sem.jpg
“Grampeei o Brizola e ele falou que tem orgulho de nós. Mais Força, Paulinho”

Protógenes diz que indiciamento de Dantas
foi ‘vitória’ e nega candidatura (Folha)

O delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz disse que o indiciamento do banqueiro Daniel Dantas, do grupo Opportunity, não foi uma vitória pessoal, mas uma ‘vitória do povo brasileiro’. Ele também negou sua candidatura a algum cargo político.

Protógenes foi convidado pela Força Sindical para as comemorações do 1º de Maio em São Paulo, em um evento público que anualmente reúne mais de um milhão de pessoas.

‘Eu não considero que foi a minha vitória, foi a vitória da justiça brasileira, a vitória do povo brasileiro e a vitória do Brasil. A Justiça brasileira fez nada mais nada menos o que o país queria’, afirmou.”

Melhor o PSOL parar de bancar as viagens para Protógenes. Se o argumento de Luciana Genro para justificá-las é o combate à corrupção, posar com Paulinho da Força e subir no palanque com os pelegos do PDT, sugiro revisar tudo urgente.

Tags: , , ,

Postado por Rodrigo Alvares, 20:29, 01/05/09, na(s) categoria(s) Cara de pau. Você pode acompanhar os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Deixe um comentário ou coloque um trackback em seu site.

4 comentários para “É muita semiótica em favor dos trabalhadores”

  1. Tiago C. diz:

    Abra$$o.

  2. Marcelo Amorim diz:

    Huhauhauah. O cara diz lutar contra a corrupção e aparece ao lado do Paulinho??? Daqui um pouco ele vai aparecer ao lado do Malluf, Delúbio, etc…
    E, pelo jeito, a farra das passagens continua.

  3. Diogo diz:

    O Protógenes é o Padre Marcelo da Polícia Federal - depois de abandonar a liturgia do cargo está cada vez mais chegado num ” Ó O AUÊ AÍ Ó”.
    Mas ainda acho que ele faz isso de própósito, para não cair no ostracismo e ser patrolado definitivamente pela máfia do Dantas.

  4. Gabriel b diz:

    morri com a legenda

Comente