Lemas gaúchos não contêm mensagens cifradas

15:04 | 13/07/09 | Rodrigo Alvares

A Rede Record apresenta hoje às 19h15 (na Record News) a entrevista com a desgovernadora Yeda Crusius (PSDB/RS) feita no último fim de semana.

O programa já foi ao ar nos telejornais da emissora no Rio Grande do Sul. Quem assistiu e ficou perplexo, fazer mandar spoilers. Embora essa declaração publicada no Correio do Povo de hoje me baste:

Esse é um lema gaúcho: não me bote como testemunha uma pessoa morta. Acho um traço de caráter covarde usar uma pessoa morta para dizer coisas que a pessoa não pode dizer.”

Tags: , , ,

Postado por Rodrigo Alvares, 15:04, 13/07/09, na(s) categoria(s) Desgovernada Yeda. Você pode acompanhar os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Deixe um comentário ou coloque um trackback em seu site.

18 comentários para “Lemas gaúchos não contêm mensagens cifradas”

  1. marlon diz:

    bá, a véia tá mais perdida que surdo em bingo.

    ***

    que PRECIOSA essa foto do lula. certo que os magrão do LULALOL vão folgar:

    a caxassin i us paçteu eh aki bls?! rsrsr1/

  2. jose figueiredo diz:

    Yeda vê digitais de Tarso Genro em denuncias no RS
    Folha
    Em reuniões com secretários de governo e conselheiros políticos, a governadora gaúcha Yeda Crusius (PSDB) decidiu recorrer ao ataque como tática de defesa. Um de seus principais alvos é o ministro Tarso Genro (Justiça), pré-candidato do PT ao governo do Rio Grande do Sul.
    Yeda e seus correligionários enxergam as digitais de Tarso, chefe da Polícia Federal, nos “vazamentos” que tisnam a imagem da gestão tucana.
    Acham que o ministro age em dobradinha com a filha e deputada federal Luciana Genro (PSOL-RS), acusadora contumaz de Yeda.

    Não é a primeira vez que o tucanato gaúcho tenta pôr de pé a tese da conspiração petista urdida por Tarso Genro. Em ocasiões anteriores, o ministro dera de ombros. A julgar pela estratégia esboçada pelo time de Yeda no final de semana, talvez tenha de se pronunciar de novo.

    A tática da governadora e de seus aliados assemelha-se à estratégia do malandro de rua. Do tipo que, pilhado batendo a carteira, desce rua abaixo gritando “pega ladrão”. Encontra-se na Procuradoria-geral da República, em Brasília, uma carta redigida por Lair Ferst -empresário, lobista e ex-coletor das arcas eleitorais do tucanato gaúcho.

    No texto, Ferst empilha um lote de 20 acusações. Vão de caixa dois na campanha de Yeda a verbas de má origem na aquisição de uma mansão da governadora. Tomada pelo lado político, a tática de arrastar Tarso Genro para a encrenca tem eficácia duvidosa. Vista pelo ângulo jurídico, o efeito é nulo. As acusações que pendem sobre o penteado de Yeda reclamam explicações. Ou a governadora dispõe delas ou não as tem. É simples assim.

    Escrito por Josias de Souza às 04h17

  3. Francisco Goulart diz:

    Eu gostei mesmo da parte que ela falou que “Esses ramos radicais da oposição estão é denegrindo o Rio Grande, mais do que a mim, do que ao meu governo.”

  4. Zé da Silva diz:

    Um provérbio gaúcho para a desgovernada:

    - Quem ata porongo nos tentos tem que aguentar o barulho.

  5. Cesar-Itaqui-RS diz:

    CARA DE PAU ….

  6. dante diz:

    yeda crusius & tarso genro.

    meu deus, onde foi que erramos?

  7. Fróid diz:

    Bah!!! Que “caraterzinho”, hein!?!

  8. Alex Mazahta diz:

    Conta velha eu não pago. E as novas deixo envelhecer. Testemunha morta não vale. E as vivas hora ou outra acabam se suicidando…

  9. MOSCÃO diz:

    Eu acredito na dona Yoda, se ela fala isso é porque tem muita gente como eu, que acredita nela. Afinal nós gaúchos não somos os mais bonitos, os mais inteligentes, os mais politizados e espertos? Como que uma paulista véia iria passar a perna em todos nós?

  10. Paulo diz:

    Zé da Silva: outra versão do mesmo ditado: “não quer búia de porongo, não acoiere”…

  11. Caras Pintadas diz:

    A velha enlouqueceu! Frases sem sentido, descontextualizadas, fora da realidade… A situação é ridícula.

  12. Lularápio da Silvicultura diz:

    E o Tarso, depois de tanta porrada….nada! Sem reação é porque está cheio de culpa. E a esta altura, Yeda tem chumbo para o ataque, do contrário não reagiria. Tarso está todo cagadinho…

  13. marlon diz:

    “Yeda tem chumbo”

    sim. no cérebro.

    cada um que me aparece…

  14. O. Sama diz:

    Mais um dito gauchesco: “o engano é humano, disse o galo ao descer da marreca”.

  15. Träsel diz:

    Esse lema deve estar no mesmo dicionário gauchesco em que pantalha é uma peça de roupa.

    A RBS fez entrevista e divulgou também:

    http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&uf=1&local=1&template=3948.dwt&section=Blogs&post=203341&blog=273&coldir=1&topo=3951.dwt

  16. Marx, o Grouxo diz:

    Ainda vou dar risada na cara dos reacionários….

  17. Another diz:

    Olha que o prozac não tá mais adiantando. Sugiro combinação desta substância com Frontal…
    Agora, se isto não adiantar, me chamem que eu desço um cabo de picareta no lombo desta lorpa!

  18. Diogo diz:

    “o engano é humano, disse o galo ao descer da marreca”.

    Jlçkjlçsadkjfsçlakdjfçslkdjf.

    Abre a porta Michael Jackson.

Comente