Tag ‘João Luiz Vargas’

FUNK DO DETRAN II (é um avancé)

2:46 | 12/08/08 | Leandro Demori

Só mesmo novas gravações da PF para tirar MC Demori de sua banheira de moedas da Coroa (pronúncia francesa para Demori, por favor, Dê-mô-rrríí). Como o MPE Bovino decidiu jogar mais áudios no meu ventilador de teto rapper em forma de Mustang, tirei um pouco da poeira do toca-discos-digital-importado-e-caro para fazer uns méxãps básicos. Espero que vocês gostem da nova música de trabalho, que me tomou mais de 3 horas de vida, aproximadamente 78 mil €uros [meu contador faz “sim” com a cabeça enquanto contabiliza o prejuízo].

Vou deixar que todos baixem o Funk do Detran II (é um avancé) de graça, OK? Mas depois, c´mon, comprem o disco, OK? Preciso mandar reformar o porta-jóias e comprar uma Magnum dourada nova que a minha já tem dois rivais na ficha. E eu detesto ter que gastar dinheiro para subornar a £ei.

Facilitei [estou muito facilitão hoje] e postei a letra logo abaixo.

Beijo.
MCD.

By ™ José Otávio “Fala, Liderança” Germano, Antônio Dorneu “É um avancé” Maciel, João Luiz “Papai Noel” Vargas, Rubem Höher, Luiz Paulo “Buti” Germano e Edu. COORDENADOR DE SWING: MC Demori

Oi
Oi, doutor Maciel
Ahn?
O deputado quer falar com o senhor, posso passar?
Pode

Oi, querido
Barão te ligou?
Não. Ele vai me ligar?
Hein?
Barão te ligou?
Não
Então amanhã manda ele me passar o santo
É um avancé

Hein?
É um avancé
Hein?
É um avancé

Aí eu falei que tu já tinha entregue aqueles primeiros cadernos
Sim
Tô aqui pra nós… completarmos a documentação

Conversei com o Campeão ontem de manhã, só não recebi os livros que ele ia me entregar
Mas acertou?
Não, ele disse que na semana que vem a gente evolui

É um avancé
É um avancé

Quanto que é?
Sete um
Veio sete zero
Tá bom
Então fiocu um pra trás, depois eu pego
Veio sete zero
Tá bom
Entendeu?
Entendi
Tudo OK

Beijo
Beijo
Beijo, tchau
Beijo

É um avancé

Veio sete zero
Tá bom
Veio sete zero
Náá, não te preocupa

Deixa eu só espirrar, só um pouquinho
Atchim! Atchim!

E o João Luis me ligou, diz que quer entregar uns precatórios hoje de tarde

Má não dá folga pra ele, não deixa ele solto

Tchau, Chefe do Terreiro!

Papai Noel no Abra$$o

13:07 | 09/08/08 | Leandro Demori

Acordei de susto, pelo amor de deos, não façam mais isso. Um pombo-correio caiu morto em cima de mim, no meio do sono. Tenham mais compaixão, hoje pretendia dormir até o meio-dia e curtir aquela vida de vagabundo.

Além de ter arruinado meu descanso, a mensagem cifrada me deixou no meio do caminho. Quer dizer então que João Luiz Papai Noel Vargas vai pedir penico? Vai partir pro abra$$o? Na segunda-feira já, é? Hummm.

Melhor voltar a dormir.

[Atenção dono do animal, retirar o cadáver até domingo sob pena de panela].

Fraude no Detran v. 7.0

12:41 | 08/08/08 | Walter Valdevino

Em entrevista coletiva concedida agora há pouco (áudio aqui), o procurador-geral de Justiça do €$tado, Mauro Renner, anunciou:

1) Encaminhamento de representação ao procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, contra o deputado federal José Otávio Fala, Liderança Germano (PP) e contra o presidente do Tribunal de Contas do Estado, João Luiz Vargas.

Foram divulgados vários áudios IN$UPERÁVEI$ (aguardem novo funk), ainda da Operação Rodin, que comprovam por A + B o envolvimento de TODO O UNIVERSO na falcatrua do Detran.

2) Ação pedindo a anulação do edital de publicidade do desgoverno para vários órgãos públicos, entre os quais DAER (afundará desgoverno depois das eleições. Aguaaaardem. Zzz…zzz..z.), Detran, CEEE, Corsan e, obviamente, Banrisul, reponsável por mais de 70% de toda a verba publicitária do desgoverno bovino (banners incluídos).

A bolada do edital tem o valor de R$ 92.948.970,00 (pobreza, que horror) e seis agências de publicidade tinham levado: DCS, SLM Ogilvy, Nova Centro, Agência Matriz, Martins + Andrade e Escala.

Se você não está zzz…zzz…zz, deve lembrar muito bem que quando o edital foi divulgado muita gente andou soltando foguetes por aí, principalmente porque teria sido “um erro do governo gaúcho amarrar a decisão sobre a licitação que vai escolher as agências que atenderão as suas contas.”

Adoramo$ demai$ tudo i$$o.

3) Ação de improbidade administrativa contra o advogado Carlos Dahlem da Rosa, funcionário fantasma da CEEE e cujo escritório recebeu R$ 4 milhões por prestação de serviços à Fatec desde 2003, e contra Antonio Dorneu Maciel, então diretor administrativo da companhia e responsável por bancar a fanta$magoria de Dahlem.

4) Ação contra a FDRH (Fundação de Desenvolvimento em Recursos Humanos) por suspeita de fraude em proce$$o$ licitatórios.

UPDATE (15h12): a nota do próprio Ministério Público sobre a Força-Tarefa está aqui.

Cartinha para auxí£io - A/C TC€

13:35 | 30/07/08 | Leandro Demori

Nós desta Corja A-MA-MOS comemorar datas. Depois de festejar o início oficial da campanha de Cezar Schirmer, chegou a vez de soltar fogos pela absolvição [óbvia] de João Luiz Papai Noel Vargas. Só para lembrar [já que faz tempo, foi anteontem], Santa Claus continua comandando a vala no TC€ Bovino.

Abaixo, alguns trechos comentados de uma cartinha bem-amor apreendida pela PF durante a operação Rodin. A carta, escrita pelo então reitor da Universidade de Santa Maria, Paulo Jorge Sarkis, é endereçada a José Otávio Fala, Liderança Germano. O objetivo da carta é fazer com que ZeÓ dê uma paratiquiétu em Lair Ferst, mas os trechos separados são mais interessantes. O emissário do documento é nosso estimado Papai Noel.

trecho_carta_1

Bons e competentes. BONS e COMPETENTES. Não tendi.

trecho_carta_2

Sarkis = poeta e sedutor.

trecho_carta_3

Concordamos. Sugerimos, aliás, que a prova aplicada no Bovinão sirva de modelo a toda a terra.

trecho_carta_4

Referência explícita à Maçonaria [nós avisamos]. Detalhe fatal para a sigla de “Grande Arquiteto do Universo”: GADU. Resumo do RS.

trecho_carta_5

Aqui vai aquela PERGUNTINHA BÁSICA aos nobres ¢onselheiros: o que demonhos um membro do Tribunal de Contas do Estado, que deveria estar FISCALIZANDO essas relações, faz como emissário da carta?

Jamais entendo o univer$o.

Suspeito de fraude$? Placa nele

13:34 | 03/07/08 | Leandro Demori

Fotos: TC€
papai_noel_homenagem
Vou chorar

Do site do TC€ (publicada em 01/07/2008):

“O presidente do Tribunal de Contas do Estado, João Luiz Vargas, recebeu na manhã desta sexta-feira, uma homenagem da Associação Gaúcha de Consórcios Públicos (AGCONP). A cerimônia de entrega ocorreu durante o encerramento do Encontro Brasileiro de Consórcios Públicos, no Teatro Dante Barone, da Assembléia Legislativa do Estado.

(…)

O presidente do TCE afirmou que a instituição será parceira par trabalhar de forma a orientar o consórcios. “O papel do Tribunal é orientar e fiscalizar o setor de forma transparente e eficaz. Esperamos que os tribunais dos demais estados procedam da mesma forma. Só seremos fortes se unidos estivermos.”

Papai Noel, nós desta Corja esperamos que os demais Tribunais NÃO PROCEDAM DA MESMA FORMA.

A Nova Corja sempre avisa

13:24 | 12/03/08 | Walter Valdevino

O leitor marcos jose comentou, no post abaixo, que está no site videVersus (coloquem RSS, peloamordedeu$) a notícia de que a Polícia Federal irá finalmente entregar à Justi$a o relatório final da Operação Rodin, que investigou as falcatruas do Detran-RS.

39 pessoas são citadas, entre elas o deputado federal José Otávio Germano (PP), ex-secretário de In$egurança do Bovinão no desgoverno de Germano Rigotto (PMDB) e João Luiz Vargas, ex-prefeito de São Sepé, ex-deputado estadual (PDT) e atual presidente do Tribunal de Contas (TCE) do Bovinão. A PF vai pedir autorizações especiais ao Supremo Tribunal Federal e ao Tribunal Federal Regional para que Germano e Vargas, que contam com foro e$pecial delícia, sejam investigados.

joseotaviogermano.jpg
Tá rindo do quê?

Como todos nós bovinenses lembramos, Otávio Germano foi o secretário de In$egurança que conseguiu piorar o estrago deixado pelo seu antece$$or, o petista afetado José Paulo Bisol (governo Olívio Odeio-neoliberalismo-feio-e-bobão Dutra), que tinha como uma das principais medidas humanizar a Brigada Militar, por exemplo, trocando os coturnos dos soldados por sapatos, decerto para não machucar tanto a bandidáji. Germano, além de ter indicado os dois ex-presidentes do Detran indiciados pela PF (Flávio Vaz Netto e Carlos Ubiratan dos Santos, ambos da cúpula do PP), também foi direto para o centro da lama depois que seu irmão, Luiz Paulo Germano, foi citado pela juíza Simone Barbisan Fortes, da 3ª Vara Federal e Juizado Especial Criminal da Subseção Judiciária de Santa Maria, como sócio do escritório de advocacia de Carlos Dahlem da Rosa, que teria recebido R$ 4,1 milhões da FATEC (Fundação de Apoio, Ciência e Tecnologia, ligada à UFSM), empresa mãe da falcatrua, como já tínhamos explicado aqui.

joaoluizvargas.jpg
A Nova Corja tem uma dica $upimpa para você, Papai Noel.

Já o barbudão João Luiz Papai Noel Vargas, enfiado na política até o pescoço, é a figurinha que decerto todos os bovinenses, povo mais pulitizadu du Braziu gostariam que estivesse exatamente onde está: investigando as contas públicas e as falcatruas de seus próprios amigos.

Segundo o videVersus, Papai Noel “teria sido o responsável pelo exame das contas do Detran gaúcho na maior parte dos anos da última década. Apesar de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, João Luiz Vargas também comandou comitiva que foi até o Palácio Piratini, no ano passado, pressionar para que a governadora Yeda Crusius assinasse carta de apoio a empresa que está sendo acusada de fraudar avais da estatal federal CGTEE para obtenção de empréstimos na Alemanha, supostamente para a construção de usinas térmicas no Estado.”

Veja você, portanto, que coincidência. Em 9 de novembro do ano passado esta Corja publicou o diálogo que tivemos com um dos nossos 600 informantes ao redor do mondo. Nunca antes na história do Bovinão alguém tinha citado Vargas como um dos envolvidos na falcatrua CGTEE-Prof. Fernandes-Pensant-FATEC-Detran. Em 19 de novembro, Papai Noel apareceu pela primeira vez na mídia má, em uma matéria de Leandro Fontoura na Zero Hora, comentada por nós no dia seguinte.

A Nova Corja: confie $empre.